Delegado não descarta outras participações na morte de Vivianny

O titular da Delegacia de Homicídios de João Pessoa, Reinaldo Nóbrega, não descartou, nesta terça-feira (22), a participação e outros envolvidos no assassinato da vendedora Vivianny Crisley. No início da tarde, dois acusados do homicídio que foram presos no Rio de Janeiro chegaram em João Pessoa e foram levados para a Central de Polícia.
“Eu não descarto essa possibilidade”, afirmou Reinaldo Nóbrega em entrevista à imprensa.
Ainda segundo o delegado, ele tem, a partir de agora, com as prisões de Jobson Barbosa da Silva Junior e Fagner das Chagas Silva (Bebé) e Alex Aurélio Tomás dos Santos, trinta dias para fechar o inquérito e outras diligências ainda serão feitas.
Para Reinaldo Nóbrega, o resultado de algumas perícias ainda faltam chegar ao Estado.
MaisPB

O titular da Delegacia de Homicídios de João Pessoa, Reinaldo Nóbrega, não descartou, nesta terça-feira (22), a participação e outros envolvidos no assassinato da vendedora Vivianny Crisley. No início da tarde, dois acusados do homicídio que foram presos no Rio de Janeiro chegaram em João Pessoa e foram levados para a Central de Polícia.
“Eu não descarto essa possibilidade”, afirmou Reinaldo Nóbrega em entrevista à imprensa.
Ainda segundo o delegado, ele tem, a partir de agora, com as prisões de Jobson Barbosa da Silva Junior e Fagner das Chagas Silva (Bebé) e Alex Aurélio Tomás dos Santos, trinta dias para fechar o inquérito e outras diligências ainda serão feitas.
Para Reinaldo Nóbrega, o resultado de algumas perícias ainda faltam chegar ao Estado.
MaisPB