Segurança reage a assalto e é morto com a própria arma em João Pessoa

Um segurança de 45 anos foi assassinado na noite dessa sexta-feira (25), no bairro de Mangabeira, em João Pessoa. Ele teve objetos roubados e foi morto pela própria arma, segundo informou o delegado de Homicídios, Bruno Germano.
O delegado explicou que o homem estava em frente de casa quando os suspeitos chegaram e anunciaram o assalto. A vítima portava uma faca e teria reagido. Os suspeitos renderam o homem, tomaram a carteira e o celular do segurança.
“Durante o assalto, os suspeitos pegaram a faca da vítima e deram um golpe na altura das axilas. O homem morreu no local. Os suspeitos fugiram levados os objetos do segurança”, disse o delegado.
O corpo foi levado para a Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol), no bairro do Cristo Redentor, na Capital. Até o fechamento da matéria não havia informação de suspeito preso.

Um segurança de 45 anos foi assassinado na noite dessa sexta-feira (25), no bairro de Mangabeira, em João Pessoa. Ele teve objetos roubados e foi morto pela própria arma, segundo informou o delegado de Homicídios, Bruno Germano.
O delegado explicou que o homem estava em frente de casa quando os suspeitos chegaram e anunciaram o assalto. A vítima portava uma faca e teria reagido. Os suspeitos renderam o homem, tomaram a carteira e o celular do segurança.
“Durante o assalto, os suspeitos pegaram a faca da vítima e deram um golpe na altura das axilas. O homem morreu no local. Os suspeitos fugiram levados os objetos do segurança”, disse o delegado.
O corpo foi levado para a Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol), no bairro do Cristo Redentor, na Capital. Até o fechamento da matéria não havia informação de suspeito preso.