Corpos das vítimas brasileiras do acidente da Chapecoense saem da Colômbia nesta sexta

corposOs corpos das vítimas brasileiras da queda do avião da Chapecoense na Colômbia sairão da Colômbia nesta sexta-feira (2), a partir das 19h (horário de Brasília), com previsão para chegar a Chapecó, Santa Catarina, na manhã do sábado.
Três aeronaves C-130 Hércules da Força Aérea Brasileira (FAB) estão na Base Aérea de Manaus (AM) aguardando para decolar rumo à cidade colombiana de Medellín. Segundo a FAB, o tempo mínimo estimado para o embarque dos corpos é de duas horas.
No retorno ao Brasil, será preciso fazer escala em Manaus. Por fim, os C-130 vão decolar com destino final à cidade de Chapecó. No total, a viagem entre Medellín e Chapecó deve durar cerca de 12 horas.
Os corpos de alguns jornalistas irão em voos separados a outro destino.
O presidente em exercício da Chapecoense, Ivan Tozzo, informou que o velório de vítimas da tragédia com o voo da delegação do clube vai ocorrer na manhã de sábado. Ainda não há um número oficial de corpos a serem velados na Arena Condá, em Chapecó.
O presidente Michel Temer irá receber os corpos em Chapecó, segundo falou o ministro da Defesa, Raul Jungamnn.
Em coletiva de imprensa em Medellín, o embaixador do Brasil na Colômbia, Julio Bitelli, afirmou que houve um atraso na preparação dos corpos das vítimas brasileiras e que não será possível que eles estejam prontos para embarque nesta noite, como era o previsto.
“Houve um pequeno retrocesso hoje porque esse é um procedimento que tem várias etapas e nesse caso há muitos corpos envolvidos. Houve alguns imprevistos em algumas dessas etapas que ocasionaram um atraso. A nova estimativa com a qual as autoridades colombianas estão trabalhando é de que os corpos estejam prontos para embarcar amanhã às quatro da tarde”, disse a jornalistas em Medellín.
“É natural que isso [o atraso] acarrete mais angústia paras as famílias, que isso acarrete mais trabalho para todos nós, mas o importante é que se está trabalhando 24 horas por dia para tentar superar esses inconvenientes”, disse o embaixador.
Velório de jogadores será realizado em conjunto na Arena Condá
Bitelli também disse que haverá um intervalo entre as decolagens dos três aviões da FAB, mas que os horários serão os mais próximos possíveis.

Outras nacionalidades
Os corpos das vítimas de outras nacionalidades (um venezuelano, um paraguaio e cinco bolivianos) já estão prontos para serem transportados a seus países. O cidadão do Paraguai estava previsto para ser transportado nesta quinta às 20h (horário de Brasília).
O corpo da vítima da Venezuela será enviado na sexta às 11h. Quatro corpos de bolivianos e as cinzas da quinta vítima boliviana serão transportadas na sexta às 12h.
Todos os 71 mortos na queda do avião da Chapecoense foram identificados no Instituto Médico Legal de Medellín.
G1

corposOs corpos das vítimas brasileiras da queda do avião da Chapecoense na Colômbia sairão da Colômbia nesta sexta-feira (2), a partir das 19h (horário de Brasília), com previsão para chegar a Chapecó, Santa Catarina, na manhã do sábado.
Três aeronaves C-130 Hércules da Força Aérea Brasileira (FAB) estão na Base Aérea de Manaus (AM) aguardando para decolar rumo à cidade colombiana de Medellín. Segundo a FAB, o tempo mínimo estimado para o embarque dos corpos é de duas horas.
No retorno ao Brasil, será preciso fazer escala em Manaus. Por fim, os C-130 vão decolar com destino final à cidade de Chapecó. No total, a viagem entre Medellín e Chapecó deve durar cerca de 12 horas.
Os corpos de alguns jornalistas irão em voos separados a outro destino.
O presidente em exercício da Chapecoense, Ivan Tozzo, informou que o velório de vítimas da tragédia com o voo da delegação do clube vai ocorrer na manhã de sábado. Ainda não há um número oficial de corpos a serem velados na Arena Condá, em Chapecó.
O presidente Michel Temer irá receber os corpos em Chapecó, segundo falou o ministro da Defesa, Raul Jungamnn.
Em coletiva de imprensa em Medellín, o embaixador do Brasil na Colômbia, Julio Bitelli, afirmou que houve um atraso na preparação dos corpos das vítimas brasileiras e que não será possível que eles estejam prontos para embarque nesta noite, como era o previsto.
“Houve um pequeno retrocesso hoje porque esse é um procedimento que tem várias etapas e nesse caso há muitos corpos envolvidos. Houve alguns imprevistos em algumas dessas etapas que ocasionaram um atraso. A nova estimativa com a qual as autoridades colombianas estão trabalhando é de que os corpos estejam prontos para embarcar amanhã às quatro da tarde”, disse a jornalistas em Medellín.
“É natural que isso [o atraso] acarrete mais angústia paras as famílias, que isso acarrete mais trabalho para todos nós, mas o importante é que se está trabalhando 24 horas por dia para tentar superar esses inconvenientes”, disse o embaixador.
Velório de jogadores será realizado em conjunto na Arena Condá
Bitelli também disse que haverá um intervalo entre as decolagens dos três aviões da FAB, mas que os horários serão os mais próximos possíveis.

Outras nacionalidades
Os corpos das vítimas de outras nacionalidades (um venezuelano, um paraguaio e cinco bolivianos) já estão prontos para serem transportados a seus países. O cidadão do Paraguai estava previsto para ser transportado nesta quinta às 20h (horário de Brasília).
O corpo da vítima da Venezuela será enviado na sexta às 11h. Quatro corpos de bolivianos e as cinzas da quinta vítima boliviana serão transportadas na sexta às 12h.
Todos os 71 mortos na queda do avião da Chapecoense foram identificados no Instituto Médico Legal de Medellín.
G1