Jovem é morto durante velório de avó no ES; primo é suspeito

Um jovem de 24 anos foi morto a tiros, durante o velório da avó, em Ecoporanga, na região Norte do Espírito Santo, na madrugada deste domingo (11). O suspeito de cometer o crime é o primo da vítima. O pai do jovem, de 51 anos, também foi baleado e está internado em estado grave.
Segundo a Polícia Militar, o principal suspeito do atentado é um primo da vítima, que também acompanhava o velório da avó.
De acordo com testemunhas ouvidas pelos policiais, o primo começou a discutir sobre a herança da recém-falecida com o jovem e seu pai. A informação é de que ele já havia brigado com a família em outras ocasiões.
Após a confusão, o primo saiu do velório, que era realizado na Capela Mortuária de Ecoporanga, no centro da cidade, e voltou com uma arma calibre 38, por volta de 1h.
Ele efetuou os disparos e fugiu em um carro modelo Corola prata, de placas MQG 2115. O jovem atingido chegou a ser socorrido, mas morreu a caminho do hospital.
O pai da vítima está internado no Hospital Estadual Doutora Rita de Cássia. Segundo testemunhas, o estado de saúde dele era grave.
A Polícia Militar realizou buscas na casa do suspeito e no município, mas não o encontrou. Como já venceu o prazo para enquadrá-lo em flagrante, o caso será investigado pela Polícia Civil.
G1

Um jovem de 24 anos foi morto a tiros, durante o velório da avó, em Ecoporanga, na região Norte do Espírito Santo, na madrugada deste domingo (11). O suspeito de cometer o crime é o primo da vítima. O pai do jovem, de 51 anos, também foi baleado e está internado em estado grave.
Segundo a Polícia Militar, o principal suspeito do atentado é um primo da vítima, que também acompanhava o velório da avó.
De acordo com testemunhas ouvidas pelos policiais, o primo começou a discutir sobre a herança da recém-falecida com o jovem e seu pai. A informação é de que ele já havia brigado com a família em outras ocasiões.
Após a confusão, o primo saiu do velório, que era realizado na Capela Mortuária de Ecoporanga, no centro da cidade, e voltou com uma arma calibre 38, por volta de 1h.
Ele efetuou os disparos e fugiu em um carro modelo Corola prata, de placas MQG 2115. O jovem atingido chegou a ser socorrido, mas morreu a caminho do hospital.
O pai da vítima está internado no Hospital Estadual Doutora Rita de Cássia. Segundo testemunhas, o estado de saúde dele era grave.
A Polícia Militar realizou buscas na casa do suspeito e no município, mas não o encontrou. Como já venceu o prazo para enquadrá-lo em flagrante, o caso será investigado pela Polícia Civil.
G1