No Brasil, Lula é a personalidade mais buscada no Google em 2016

lula20182O Google divulga nesta quarta-feira (14) os termos mais buscados no site em 2016. Entre as personalidades, Lula ficou em 1º lugar no Brasil – um resultado nada surpreendente diante da turbulência política do país. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é figura recorrente nas investigações da Lava Jato e foi nomeado ministro da Casa Civil em março, mandato que não chegou a ser executado. O ranking segue uma tendência: personalidades que morreram, políticos em evidência e celebridades que se envolveram em algum tipo de polêmica.
O 2º lugar ficou com a apresentadora Ana Hickmann, que foi vítima de tentativa de assassinato por um fã em um hotel em Belo Horizonte, em maio deste ano. A morte do músico David Bowie, no dia 10 de janeiro, ganhou tanta repercussão que ele ficou em 3º lugar (o brasileiro procurou muito por David Bowie, mas não procurou o nome de Dilma Rousseff). Em seguida está o novo presidente americano, Donald Trump, seguido pela apresentadora Fernanda Gentil, que ficou na 5ª posição.
Na 6ª posição das buscas brasileiras está o juiz Sergio Moro, seguido da lenda do boxe, Muhammad Ali, que morreu aos 74 anos em junho. O 8º lugar ficou com a atriz Elke Maravilha, que faleceu em agosto, aos 71 anos. A atriz e modelo Luiza Brunet, que denunciou o ex-marido por violência doméstica e virou alvo da mídia em outubro, ocupa a 9ª posição. O 10º lugar ficou com Fidel Castro, que faleceu no último dia 25 em Cuba.

Confira a lista:

1 – Lula
2 – Ana Hickmann
3 – David Bowie
4 – Donald Trump
5 – Fernanda Gentil
6 – Sergio Moro
7 – Muhammad Ali
8 – Elke Maravilha
9 – Luiza Brunet
10 – Fidel Castro
Veja

lula20182O Google divulga nesta quarta-feira (14) os termos mais buscados no site em 2016. Entre as personalidades, Lula ficou em 1º lugar no Brasil – um resultado nada surpreendente diante da turbulência política do país. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é figura recorrente nas investigações da Lava Jato e foi nomeado ministro da Casa Civil em março, mandato que não chegou a ser executado. O ranking segue uma tendência: personalidades que morreram, políticos em evidência e celebridades que se envolveram em algum tipo de polêmica.
O 2º lugar ficou com a apresentadora Ana Hickmann, que foi vítima de tentativa de assassinato por um fã em um hotel em Belo Horizonte, em maio deste ano. A morte do músico David Bowie, no dia 10 de janeiro, ganhou tanta repercussão que ele ficou em 3º lugar (o brasileiro procurou muito por David Bowie, mas não procurou o nome de Dilma Rousseff). Em seguida está o novo presidente americano, Donald Trump, seguido pela apresentadora Fernanda Gentil, que ficou na 5ª posição.
Na 6ª posição das buscas brasileiras está o juiz Sergio Moro, seguido da lenda do boxe, Muhammad Ali, que morreu aos 74 anos em junho. O 8º lugar ficou com a atriz Elke Maravilha, que faleceu em agosto, aos 71 anos. A atriz e modelo Luiza Brunet, que denunciou o ex-marido por violência doméstica e virou alvo da mídia em outubro, ocupa a 9ª posição. O 10º lugar ficou com Fidel Castro, que faleceu no último dia 25 em Cuba.

Confira a lista:

1 – Lula
2 – Ana Hickmann
3 – David Bowie
4 – Donald Trump
5 – Fernanda Gentil
6 – Sergio Moro
7 – Muhammad Ali
8 – Elke Maravilha
9 – Luiza Brunet
10 – Fidel Castro
Veja