Mototaxista é assassinado com tiro no rosto em Campina Grande

Um mototaxista foi morto a tiros, próximo ao estádio de futebol no bairro do Catolé, em Campina Grande. Segundo informações, Ronald de Souza Costa, 26 anos, era ex-presidiário e estava trabalhando como mototaxista de forma clandestina com o transporte de cargas e carregava valores de empresas.

A vítima foi assassinada com tiros no rosto quando fazia um trajeto próximo ao Estádio Ernany Sátiro “O Amigão”.

A Polícia até o momento não prendeu ninguém, e não tem detalhes sobre acusados e motivação do crime.

Um mototaxista foi morto a tiros, próximo ao estádio de futebol no bairro do Catolé, em Campina Grande. Segundo informações, Ronald de Souza Costa, 26 anos, era ex-presidiário e estava trabalhando como mototaxista de forma clandestina com o transporte de cargas e carregava valores de empresas.

A vítima foi assassinada com tiros no rosto quando fazia um trajeto próximo ao Estádio Ernany Sátiro “O Amigão”.

A Polícia até o momento não prendeu ninguém, e não tem detalhes sobre acusados e motivação do crime.