Botafogo vence de virada e Atlético ganha do Sousa; veja classificação do Paraibano

O Botafogo-PB venceu o Auto Esporte, por 2×1, na tarde deste domingo (22), pela quinta rodada do Campeonato Paraibano, mantendo a liderança da competição. Em outro clássico da rodada, Campinense x Treze terminou em 1×1. Já o Atlético venceu o Sousa por 1×0, em Cajazeiras.

Botafogo-PB x Auto Esporte
No clássico pessoense, o jogo começou com o Belo melhor, porém, a partir dos dez minutos o Auto resolveu endurecer o jogo e teve a melhor chance de gol do primeiro tempo aos 13 minutos, quando Van Basten chutou forte, mas Michel Alves defendeu e salvou o Botafogo-PB.
No segundo tempo, o Belo teve chance de marcar o primeiro com Rafael Oliveira, que cabeceou forte para boa defesa do goleiro Danilo.
O placar foi aberto aos 23 minutos, quando Tadeu dominou, cruzou rasteiro para Van Basten fazer o gol do Auto na partida. Porém, aos 27 minutos o Belo conseguiu empatar de pênalti, com Rafael Oliveira.
A virada do Botafogo-PB veio aos 47 minutos após levantamento na área, quando Gustavo Henrique aproveitou e cabeceou para o gol, marcando o segundo do Belo e dando números finais no jogo.
Com o resultado, o Belo manteve a liderança isolada, com 12 pontos. Já o Auto Esporte permanece na lanterna do Paraibano, com apenas dois pontos.

Campinense x Treze
Em Campina Grande, o Clássico dos Maiorais foi mais movimentado, com chance de gol logo aos seis minutos do primeiro tempo para o Campinense, mas Tiago Orobó não aproveitou bom passe de Alex Travassos e chutou para fora.
O Galo respondeu aos oito minutos com Otacílio Neto, que recebeu passe de Marcelinho Paraíba e chutou para defesa de Gledson. Aos nove, Otacílio Neto teve nova chance após rebote de Gledson, mas chutou para fora.
O Campinense teve outra chance aos 25 minutos, quando Magno chutou forte, mas Bruno Fuso defendeu.
No segundo tempo, assim como no início do jogo, a Raposa teve a primeira chance de gol. No primeiro minuto, Tiago Orobó chutou, Bruno Fuso espalmou e, no rebote, Fernando Pires chutou para fora.
O placar do jogo foi aberto aos 31 minutos pelo Treze após Dico subir mais do que a zaga do Campinense e cabecear para o gol.
O empate da Raposa veio aos 43 minutos com Tiago Orobó, que aproveitou bola na área do Galo e marcou.
Na saída de bola, o Treze emplacou rápido ataque e pediu pênalti após falta na entrada da área do Campinense. Após tumulto, o árbitro expulsou um jogador da Raposa.
Após a cobrança da falta, a bola foi para fora e o árbitro terminou o jogo. Com o resultado, o Campinense manteve o tabu de não perder para o Treze desde 2014.
O resultado deixou o Treze na terceira colocação do estadual, com oito pontos, e o Campinense sexta posição, com seis pontos ganhos.

Atlético x Sousa
No Perpetão, o Trovão Azul conseguiu marcar aos 24 do segundo tempo, com Fernando, e vendeu o Sousa por 1×0. O resultado deixou o Atlético ficou com a segunda colocação, com dez pontos, e o Sousa na nona posição, com três pontos.
Portalcorreio

O Botafogo-PB venceu o Auto Esporte, por 2×1, na tarde deste domingo (22), pela quinta rodada do Campeonato Paraibano, mantendo a liderança da competição. Em outro clássico da rodada, Campinense x Treze terminou em 1×1. Já o Atlético venceu o Sousa por 1×0, em Cajazeiras.

Botafogo-PB x Auto Esporte
No clássico pessoense, o jogo começou com o Belo melhor, porém, a partir dos dez minutos o Auto resolveu endurecer o jogo e teve a melhor chance de gol do primeiro tempo aos 13 minutos, quando Van Basten chutou forte, mas Michel Alves defendeu e salvou o Botafogo-PB.
No segundo tempo, o Belo teve chance de marcar o primeiro com Rafael Oliveira, que cabeceou forte para boa defesa do goleiro Danilo.
O placar foi aberto aos 23 minutos, quando Tadeu dominou, cruzou rasteiro para Van Basten fazer o gol do Auto na partida. Porém, aos 27 minutos o Belo conseguiu empatar de pênalti, com Rafael Oliveira.
A virada do Botafogo-PB veio aos 47 minutos após levantamento na área, quando Gustavo Henrique aproveitou e cabeceou para o gol, marcando o segundo do Belo e dando números finais no jogo.
Com o resultado, o Belo manteve a liderança isolada, com 12 pontos. Já o Auto Esporte permanece na lanterna do Paraibano, com apenas dois pontos.

Campinense x Treze
Em Campina Grande, o Clássico dos Maiorais foi mais movimentado, com chance de gol logo aos seis minutos do primeiro tempo para o Campinense, mas Tiago Orobó não aproveitou bom passe de Alex Travassos e chutou para fora.
O Galo respondeu aos oito minutos com Otacílio Neto, que recebeu passe de Marcelinho Paraíba e chutou para defesa de Gledson. Aos nove, Otacílio Neto teve nova chance após rebote de Gledson, mas chutou para fora.
O Campinense teve outra chance aos 25 minutos, quando Magno chutou forte, mas Bruno Fuso defendeu.
No segundo tempo, assim como no início do jogo, a Raposa teve a primeira chance de gol. No primeiro minuto, Tiago Orobó chutou, Bruno Fuso espalmou e, no rebote, Fernando Pires chutou para fora.
O placar do jogo foi aberto aos 31 minutos pelo Treze após Dico subir mais do que a zaga do Campinense e cabecear para o gol.
O empate da Raposa veio aos 43 minutos com Tiago Orobó, que aproveitou bola na área do Galo e marcou.
Na saída de bola, o Treze emplacou rápido ataque e pediu pênalti após falta na entrada da área do Campinense. Após tumulto, o árbitro expulsou um jogador da Raposa.
Após a cobrança da falta, a bola foi para fora e o árbitro terminou o jogo. Com o resultado, o Campinense manteve o tabu de não perder para o Treze desde 2014.
O resultado deixou o Treze na terceira colocação do estadual, com oito pontos, e o Campinense sexta posição, com seis pontos ganhos.

Atlético x Sousa
No Perpetão, o Trovão Azul conseguiu marcar aos 24 do segundo tempo, com Fernando, e vendeu o Sousa por 1×0. O resultado deixou o Atlético ficou com a segunda colocação, com dez pontos, e o Sousa na nona posição, com três pontos.
Portalcorreio