Vice-presidente do Flamengo é preso pela Polícia Federal

O vice-presidente do Flamengo, Flávio Godinho, foi preso, na manhã desta quinta-feira (26), durante aOperação Eficiência, desdobramento da Lava Jato.
Ele era braço direito do empresário Eike Batista, que também é alvo da operação, na empresa EBX. Godinho, Eike e mais sete pessoas são suspeitas de lavagem de dinheiro desviado de obras públicas no Rio de Janeiro. Também são investigados pelos crimes de corrupção ativa e corrupção passiva, além de organização criminosa.
Flávio Godinho já tinha sido conduzido coercitivamente em ações da Lava Jato, em setembro do ano passado.

O vice-presidente do Flamengo, Flávio Godinho, foi preso, na manhã desta quinta-feira (26), durante aOperação Eficiência, desdobramento da Lava Jato.
Ele era braço direito do empresário Eike Batista, que também é alvo da operação, na empresa EBX. Godinho, Eike e mais sete pessoas são suspeitas de lavagem de dinheiro desviado de obras públicas no Rio de Janeiro. Também são investigados pelos crimes de corrupção ativa e corrupção passiva, além de organização criminosa.
Flávio Godinho já tinha sido conduzido coercitivamente em ações da Lava Jato, em setembro do ano passado.