Policial usa viatura para levar filha na escola, avança sinal e carro capota em João Pessoa

capotou2Uma caminhonete da equipe de Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) da Polícia Militar capotou após se envolver em um acidente com um carro na Avenida Getúlio Vargas, no Centro de João Pessoa, no início da manhã desta segunda-feira (6). Na colisão, uma adolescente, de 14 anos, que seguia no carro da PM, ficou ferida. Ela foi socorrida pelo Samu e encaminhada para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.
De acordo com o sargento Alberto, da Rotam, que dirigia a caminhonete, a adolescente que ficou ferida era sua filha. Ele seguia para a escola com a filha quando aconteceu o acidente. O sargento explicou que, por estar atrasado, avançou no semáforo quando ele estava no amarelo e acabou não dando tempo e sendo atingido pelo outro carro.
“Eu seguia um pouco rápido, o semáforo ficou amarelo. Pensei em ir um pouco mais rápido para dar tempo de passar pelo cruzamento, mas ele fechou e a senhora que estava parada no cruzamento acabou batendo na traseira. A caminhonete rodou, bateu no meio-fio e capotou”, explicou.
A condutora do veículo, assim como o sargento que dirigia a viatura, não ficaram feridos. A filha do policial foi socorrida com dores na cabeça e no pulso. Por volta das 7h10 (horário local) desta segunda-feira, o trânsito estava liberado na via e os veículos envolvidos retirados.
G1 PB

capotou2Uma caminhonete da equipe de Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) da Polícia Militar capotou após se envolver em um acidente com um carro na Avenida Getúlio Vargas, no Centro de João Pessoa, no início da manhã desta segunda-feira (6). Na colisão, uma adolescente, de 14 anos, que seguia no carro da PM, ficou ferida. Ela foi socorrida pelo Samu e encaminhada para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.
De acordo com o sargento Alberto, da Rotam, que dirigia a caminhonete, a adolescente que ficou ferida era sua filha. Ele seguia para a escola com a filha quando aconteceu o acidente. O sargento explicou que, por estar atrasado, avançou no semáforo quando ele estava no amarelo e acabou não dando tempo e sendo atingido pelo outro carro.
“Eu seguia um pouco rápido, o semáforo ficou amarelo. Pensei em ir um pouco mais rápido para dar tempo de passar pelo cruzamento, mas ele fechou e a senhora que estava parada no cruzamento acabou batendo na traseira. A caminhonete rodou, bateu no meio-fio e capotou”, explicou.
A condutora do veículo, assim como o sargento que dirigia a viatura, não ficaram feridos. A filha do policial foi socorrida com dores na cabeça e no pulso. Por volta das 7h10 (horário local) desta segunda-feira, o trânsito estava liberado na via e os veículos envolvidos retirados.
G1 PB