Chega a dez o número de ônibus incendiados na região metropolitana de BH

Chega a dez o número de ônibus queimados nas últimas 24 horas na região metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais. Cinco deles foram incendiados na noite desta segunda-feira (13): três na capital, um em Contagem e um em Betim.
A Polícia Militar não tinha informações sobre a autoria e a motivação do ataque. Testemunhas no local disseram à TV Globo que os suspeitos de atear fogo no ônibus relacionaram o caso com a operação contra o tráfico em Sarzedo. Ninguém ficou ferido.
Ainda de acordo com a corporação, nove pessoas foram detidas na cidade, entre elas um adolescente. Quatro seriam suspeitos de tráfico, três relacionados aos ataques a coletivos e dois por ameaça.

Mais dois casos
O primeiro ônibus a ser queimado foi na noite de domingo (12), em Belo Horizonte. O veículo foi incendiado quando passava pela Via 240, no bairro Monte Azul, na Região Norte. Sete suspeitos teriam feito o ataque em protesto contra maus-tratos sofridos por um comparsa preso, de acordo com a Polícia Militar.
O segundo veículo incendiado foi em Vespasiano, na Região Metropolitana. O ônibus fazia a linha 5600. A motivação não foi informada.
Nos dois casos, nenhum suspeito foi preso.
G1

Chega a dez o número de ônibus queimados nas últimas 24 horas na região metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais. Cinco deles foram incendiados na noite desta segunda-feira (13): três na capital, um em Contagem e um em Betim.
A Polícia Militar não tinha informações sobre a autoria e a motivação do ataque. Testemunhas no local disseram à TV Globo que os suspeitos de atear fogo no ônibus relacionaram o caso com a operação contra o tráfico em Sarzedo. Ninguém ficou ferido.
Ainda de acordo com a corporação, nove pessoas foram detidas na cidade, entre elas um adolescente. Quatro seriam suspeitos de tráfico, três relacionados aos ataques a coletivos e dois por ameaça.

Mais dois casos
O primeiro ônibus a ser queimado foi na noite de domingo (12), em Belo Horizonte. O veículo foi incendiado quando passava pela Via 240, no bairro Monte Azul, na Região Norte. Sete suspeitos teriam feito o ataque em protesto contra maus-tratos sofridos por um comparsa preso, de acordo com a Polícia Militar.
O segundo veículo incendiado foi em Vespasiano, na Região Metropolitana. O ônibus fazia a linha 5600. A motivação não foi informada.
Nos dois casos, nenhum suspeito foi preso.
G1