Equipe do Atlético de Cajazeiras vai parar na delegacia acusada de depredar Almeidão

Inconformados com o resultado da partida contra o Botafogo-PB neste domingo (04), os jogadores do Atlético de Cajazeiras teriam se descontrolado e promovido uma quebradeira no vestiário do Estádio Almeidão, em João Pessoa.
O gerente do Almeidão, Eginaldo Cordeiro, realizou uma vistoria de rotina depois do fim da partida e constatou vários equipamentos danificados no vestiário utilizado pelo Atlético.
Após a equipe que forma o Atlético de Cajazeiras utilizar o vestiário, a direção do Estádio afirmou que encontrou lâmpadas e uma pia quebradas. Devido a isso, a polícia foi acionada.
A denúncia de depredação ao patrimônio público foi registrada na Central de Flagrantes, da Central de Polícia, localizada no bairro do Geisel.
O clube não deve se pronunciar sobre o ocorrido, mas o presidente já assumiu a responsabilidade financeira pelo ocorrido.
A insatisfação da equipe atleticana se deu contra a arbitragem da partida, principalmente porque o gol que deu à vitória ao Botafogo-PB aconteceu aos 52 minutos do segundo tempo. O tempo de acréscimo concedido pelo juiz é considerado demasiado, sob o ponto de vista dos cajazeirenses.
Botafogo vence o Atlético de virada e se mantém na liderança do Paraibano
Respirou! Em crise com sua torcida e com o time em má fase dentro de campo, a vitória do Botafogo nesse domingo trouxe um alívio para o time de Itamar Schülle. E o duelo contra o Atlético de Cajazeiras foi emocionante, teve pênalti defendido, virada no placar e gol nos minutos finais. A partida no Almeidão acabou com o Belo vencendo por 2 a 1.
O jogo começou movimentado, com chaces para os dois lados, até que aos 24 minutos, o artilheiro do Trovão Azul, Mosquito, abriu o placar para a equipe de Cajazeiras. Dois minutos depois do gol, Mosquito recebeu na área e foi puxado pelo zagueiro botafoguense. O juiz marcou pênalti. Alef cobrou e o goleiro Michel Alves impediu que o Atlético ampliasse o placar.
O empate veio no fim do primeiro tempo, aos 38 minutos, com Wanderson, após cobrança de falta de Roger. O Botafogo foi em busca da virada, mas jogava de forma desorganizada, o que irritou os torcedores, que acabaram xingando alguns jogadores. Já nos acréscimos, no último lance do jogo, a equipe do Belo conseguiu a virada com Rafael Oliveira.
Com a vitória o Botafogo se mantém na liderança com 25 pontos, 4 a mais que o vice-líder Campinense. O atlético sai do G-4 com a derrota e ocupa a quinta posição. Nesta quarta-feira, os dois times voltam a campo às 20h30, o Botafogo recebe o Sousa no Almeidão, enquanto o Atlético encara o Campinense no Amigão.

Inconformados com o resultado da partida contra o Botafogo-PB neste domingo (04), os jogadores do Atlético de Cajazeiras teriam se descontrolado e promovido uma quebradeira no vestiário do Estádio Almeidão, em João Pessoa.
O gerente do Almeidão, Eginaldo Cordeiro, realizou uma vistoria de rotina depois do fim da partida e constatou vários equipamentos danificados no vestiário utilizado pelo Atlético.
Após a equipe que forma o Atlético de Cajazeiras utilizar o vestiário, a direção do Estádio afirmou que encontrou lâmpadas e uma pia quebradas. Devido a isso, a polícia foi acionada.
A denúncia de depredação ao patrimônio público foi registrada na Central de Flagrantes, da Central de Polícia, localizada no bairro do Geisel.
O clube não deve se pronunciar sobre o ocorrido, mas o presidente já assumiu a responsabilidade financeira pelo ocorrido.
A insatisfação da equipe atleticana se deu contra a arbitragem da partida, principalmente porque o gol que deu à vitória ao Botafogo-PB aconteceu aos 52 minutos do segundo tempo. O tempo de acréscimo concedido pelo juiz é considerado demasiado, sob o ponto de vista dos cajazeirenses.
Botafogo vence o Atlético de virada e se mantém na liderança do Paraibano
Respirou! Em crise com sua torcida e com o time em má fase dentro de campo, a vitória do Botafogo nesse domingo trouxe um alívio para o time de Itamar Schülle. E o duelo contra o Atlético de Cajazeiras foi emocionante, teve pênalti defendido, virada no placar e gol nos minutos finais. A partida no Almeidão acabou com o Belo vencendo por 2 a 1.
O jogo começou movimentado, com chaces para os dois lados, até que aos 24 minutos, o artilheiro do Trovão Azul, Mosquito, abriu o placar para a equipe de Cajazeiras. Dois minutos depois do gol, Mosquito recebeu na área e foi puxado pelo zagueiro botafoguense. O juiz marcou pênalti. Alef cobrou e o goleiro Michel Alves impediu que o Atlético ampliasse o placar.
O empate veio no fim do primeiro tempo, aos 38 minutos, com Wanderson, após cobrança de falta de Roger. O Botafogo foi em busca da virada, mas jogava de forma desorganizada, o que irritou os torcedores, que acabaram xingando alguns jogadores. Já nos acréscimos, no último lance do jogo, a equipe do Belo conseguiu a virada com Rafael Oliveira.
Com a vitória o Botafogo se mantém na liderança com 25 pontos, 4 a mais que o vice-líder Campinense. O atlético sai do G-4 com a derrota e ocupa a quinta posição. Nesta quarta-feira, os dois times voltam a campo às 20h30, o Botafogo recebe o Sousa no Almeidão, enquanto o Atlético encara o Campinense no Amigão.