Presidente do Sindicato dos Urbanitários participa de encontros em Brasilia contra privatizações

wiltonO presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas da Paraíba, Wilton Maia Velez, está em Brasílía participando de vários encontros com sindicatos do País contrários ao Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) do Governo Federal, que prevê a privatização dos serviços de água e esgoto no Brasil. As discussões continuam nessa sexta-feira, 10.
Na noite desta quinta-feira, 09, Wilton Maia estará ao vivo, a partir das 20h30, pelo Facebook, esclarecendo os interessados sobre os riscos, por exemplo, da privatização da Cagepa, que é a companhia de água e esgotos da Paraíba.
O governo e a Cagepa já se habilitaram no processo da PPI, que é o programa do Governo Federal para investimento, onde se pega dinheiro público para uma empresa privada administrar a Cagepa com o dinheiro público. “Falta franqueza intelectual por parte do Governo” disse Wilton Maia, presidente do STIUPB.
.”A Cagepa fez empréstimo de R$150 milhões para liquidar dívidas e aumentou a tarifa em 85%, então a empresa está equilibrada. Tem problemas de execução de obras, mas muitas obras já são feitos por empresas privadas”, adiantou o sindicalista.
“O que o Governo Federal com BNDS pretende? Eles pretendem, depois que enfrentamos tudo o que enfrentamos antes da chegada da água, privatizar o acesso a água. Isso é perigoso. Vamos travar uma luta, pois a população tem que saber o que está por trás disso. Espero que o que eles falaram não sejam palavras soltas, seja verdade. Vamos dialogar com a sociedade”, completou Wilton.
Todo o setor de leitura, assim como o setor de obras, já está privatizado e o que não está privatizado é a distribuição e tratamento da água, entre outros serviços.
“Se a água for transformada em mercadoria, vai ter um custo”, ressaltou.

wiltonO presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas da Paraíba, Wilton Maia Velez, está em Brasílía participando de vários encontros com sindicatos do País contrários ao Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) do Governo Federal, que prevê a privatização dos serviços de água e esgoto no Brasil. As discussões continuam nessa sexta-feira, 10.
Na noite desta quinta-feira, 09, Wilton Maia estará ao vivo, a partir das 20h30, pelo Facebook, esclarecendo os interessados sobre os riscos, por exemplo, da privatização da Cagepa, que é a companhia de água e esgotos da Paraíba.
O governo e a Cagepa já se habilitaram no processo da PPI, que é o programa do Governo Federal para investimento, onde se pega dinheiro público para uma empresa privada administrar a Cagepa com o dinheiro público. “Falta franqueza intelectual por parte do Governo” disse Wilton Maia, presidente do STIUPB.
.”A Cagepa fez empréstimo de R$150 milhões para liquidar dívidas e aumentou a tarifa em 85%, então a empresa está equilibrada. Tem problemas de execução de obras, mas muitas obras já são feitos por empresas privadas”, adiantou o sindicalista.
“O que o Governo Federal com BNDS pretende? Eles pretendem, depois que enfrentamos tudo o que enfrentamos antes da chegada da água, privatizar o acesso a água. Isso é perigoso. Vamos travar uma luta, pois a população tem que saber o que está por trás disso. Espero que o que eles falaram não sejam palavras soltas, seja verdade. Vamos dialogar com a sociedade”, completou Wilton.
Todo o setor de leitura, assim como o setor de obras, já está privatizado e o que não está privatizado é a distribuição e tratamento da água, entre outros serviços.
“Se a água for transformada em mercadoria, vai ter um custo”, ressaltou.