Adolescente que sofria bullying morre após briga em sala de aula no Rio Grande do Sul

Uma adolescente de 14 anos que sofria bullying morreu após uma briga entre colegas de classe dentro da sala de aula, na cidade de Cachoeirinha, na região metropolitana de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.
A Escola Estadual em Cachoeirinha, na grande Porto Alegre, passou o dia fechada. Todas as atividades foram suspensas depois da morte da estudante Marta Avelnhaneda Gonçalves. Marta estudava na escola há apenas três dias e colegas afirmam que ela sofria bullying.
Segundo a polícia, em um intervalo entre as aulas, nesta quinta-feira (9), ela se desentendeu com três colegas de turma.
Não havia professores nem funcionários por perto. Elas trocaram agressões, a vítima foi empurrada e já no chão da sala, passou mal. Foi quando outros estudantes chamaram o serviço médico de urgência.
Marta foi levada ao hospital, mas sofreu uma parada cardiorrespiratória. De acordo com os médicos, ela morreu por asfixia causada por enforcamento.
O laudo do Departamento Médico Legal (DML) indicou que a estudante foi enforcada e que músculos do pescoço foram “quebrados”.
As alunas envolvidas na briga chegaram a ser levadas à delegacia e foram liberadas. Para a polícia, disseram que Marta começou as agressões. Os pais delas foram ouvidos. A conduta dos funcionários do colégio também vai ser investigada.
Treze de Campina Grande e Internacional entraram em campo no Almeidão nessa quinta-feira fechando a décima segunda rodada do Campeonato Paraibano. A equipe de Campina Grande jogou melhor e apesar de sair atrás no marcador, conseguiu chegar ao empate,
Os dois clubes brigam pelo G-4, mas foi o Treze que tomou a iniciativa do jogo e começou a pressionar. Apesar da pressão, foi o Internacional que abriu o placar e apenas aos 5 minutos do primeiro tempo, com Thiago. O Treze empatou aos 24 minutos, gol de Érico Júnior.
Com o empate, o Treze retornou ao G-4 enquanto o Internacional se manteve na sexta posição. O próximo confronto do Galo é contra o Sousa, o Internacional enfrenta o Serrano.

Uma adolescente de 14 anos que sofria bullying morreu após uma briga entre colegas de classe dentro da sala de aula, na cidade de Cachoeirinha, na região metropolitana de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.
A Escola Estadual em Cachoeirinha, na grande Porto Alegre, passou o dia fechada. Todas as atividades foram suspensas depois da morte da estudante Marta Avelnhaneda Gonçalves. Marta estudava na escola há apenas três dias e colegas afirmam que ela sofria bullying.
Segundo a polícia, em um intervalo entre as aulas, nesta quinta-feira (9), ela se desentendeu com três colegas de turma.
Não havia professores nem funcionários por perto. Elas trocaram agressões, a vítima foi empurrada e já no chão da sala, passou mal. Foi quando outros estudantes chamaram o serviço médico de urgência.
Marta foi levada ao hospital, mas sofreu uma parada cardiorrespiratória. De acordo com os médicos, ela morreu por asfixia causada por enforcamento.
O laudo do Departamento Médico Legal (DML) indicou que a estudante foi enforcada e que músculos do pescoço foram “quebrados”.
As alunas envolvidas na briga chegaram a ser levadas à delegacia e foram liberadas. Para a polícia, disseram que Marta começou as agressões. Os pais delas foram ouvidos. A conduta dos funcionários do colégio também vai ser investigada.
Treze de Campina Grande e Internacional entraram em campo no Almeidão nessa quinta-feira fechando a décima segunda rodada do Campeonato Paraibano. A equipe de Campina Grande jogou melhor e apesar de sair atrás no marcador, conseguiu chegar ao empate,
Os dois clubes brigam pelo G-4, mas foi o Treze que tomou a iniciativa do jogo e começou a pressionar. Apesar da pressão, foi o Internacional que abriu o placar e apenas aos 5 minutos do primeiro tempo, com Thiago. O Treze empatou aos 24 minutos, gol de Érico Júnior.
Com o empate, o Treze retornou ao G-4 enquanto o Internacional se manteve na sexta posição. O próximo confronto do Galo é contra o Sousa, o Internacional enfrenta o Serrano.