Raposa goleia o Uniclinic e garante classificação no Nordestão; Botafogo-PB perde e é eliminado

Com grande atuação no primeiro tempo, o Campinense goleou o Uniclinic do Ceará por 4 a 0 neste domingo (12), no Estádio Amigão, em Campina Grande, em jogo válido pela quinta rodada do Grupo A da Copa do Nordeste. Em Salvador (BA), no estádio Barradão, Vitória e Botafogo-PB se enfrentaram pela Chave E e o time da casa levou a melhor, vencendo por 1 a 0 e eliminando o Belo da competição.

Campinense 4 x 0 Uniclinic-CE

Na partida deste domingo, o time comandado por Sérgio China começou arrasador. Com dois minutos de bola rolando, abriu o placar com gol de pênalti. Diego Torres cobrou bem de perna direita, sem chances para o goleiro Dionatan.

O segundo aconteceu aos 14 minutos. Após receber passe de Felipe Ramon, da direita, Fernando Pires mandou com estilo para as redes do Uniclinic. O terceiro veio aos 32. Quem marcou foi Maranhão, aproveitando cruzamento de Diego Torres da esquerda. E, aos 42 minutos, Augusto marcou o quarto. O atacante rubro-negro dominou bem e tocou com tranquilidade no canto do goleiro.

No segundo tempo, com o placar elástico já estabelecido, o Campinense não repetiu a mesma determinação da etapa primeira, apesar de ter construído vários lances para marcar. No final, vitória fácil raposeira, que garante a vaga antecipada do time no Nordestão.

Com o resultado, o time rubro-negro chegou a 11 pontos, um mais que o Santa Cruz, que perdeu para o Náutico, terceiro colocado, com sete pontos. Na última rodada, o Campinense vai encarar o Santa fora de casa, decidindo o primeiro lugar da chave. Além de garantir a vaga no mata-mata com uma rodada de antecipação, a Raposa embolsará R$ 505 mil por avançar de fase.

Vitória 1 x 0 Botafogo-PB

O jogo começou estudado, sem muitas chances e com muito respeito entre as equipes. Aos seis minutos, o Vitória teve chance de abrir o placar após Pineda ser derrubado na área por Wanderson e o árbitro marcar um pênalti. O goleiro do Belo, Michel Alves, no entanto, pegou a cobrança de André Lima.

Mas não demorou muito para o marcador ser modificado. Aos 16 minutos, em momento bom da equipe baiana, após um cruzamento, a zaga do Belo se atrapalhou e a bola sobrou para Alan Costa marcar gol para o Vitória.

Antes do fim do primeiro tempo, mais um pênalti foi marcado a favor do Vitória. Patric foi para a cobrança e, mais uma vez, o rubro-negro desperdiçou a chance. Desta vez a bola acertou o travessão.

No segundo tempo, o Vitória não jogou bem, mas o Botafogo-PB não teve forças para empatar, sofrendo mais uma derrota e sendo eliminado da competição regional. O time baiano, por sua vez, segue brigando pela classificação.
Voz da Torcida

Com grande atuação no primeiro tempo, o Campinense goleou o Uniclinic do Ceará por 4 a 0 neste domingo (12), no Estádio Amigão, em Campina Grande, em jogo válido pela quinta rodada do Grupo A da Copa do Nordeste. Em Salvador (BA), no estádio Barradão, Vitória e Botafogo-PB se enfrentaram pela Chave E e o time da casa levou a melhor, vencendo por 1 a 0 e eliminando o Belo da competição.

Campinense 4 x 0 Uniclinic-CE

Na partida deste domingo, o time comandado por Sérgio China começou arrasador. Com dois minutos de bola rolando, abriu o placar com gol de pênalti. Diego Torres cobrou bem de perna direita, sem chances para o goleiro Dionatan.

O segundo aconteceu aos 14 minutos. Após receber passe de Felipe Ramon, da direita, Fernando Pires mandou com estilo para as redes do Uniclinic. O terceiro veio aos 32. Quem marcou foi Maranhão, aproveitando cruzamento de Diego Torres da esquerda. E, aos 42 minutos, Augusto marcou o quarto. O atacante rubro-negro dominou bem e tocou com tranquilidade no canto do goleiro.

No segundo tempo, com o placar elástico já estabelecido, o Campinense não repetiu a mesma determinação da etapa primeira, apesar de ter construído vários lances para marcar. No final, vitória fácil raposeira, que garante a vaga antecipada do time no Nordestão.

Com o resultado, o time rubro-negro chegou a 11 pontos, um mais que o Santa Cruz, que perdeu para o Náutico, terceiro colocado, com sete pontos. Na última rodada, o Campinense vai encarar o Santa fora de casa, decidindo o primeiro lugar da chave. Além de garantir a vaga no mata-mata com uma rodada de antecipação, a Raposa embolsará R$ 505 mil por avançar de fase.

Vitória 1 x 0 Botafogo-PB

O jogo começou estudado, sem muitas chances e com muito respeito entre as equipes. Aos seis minutos, o Vitória teve chance de abrir o placar após Pineda ser derrubado na área por Wanderson e o árbitro marcar um pênalti. O goleiro do Belo, Michel Alves, no entanto, pegou a cobrança de André Lima.

Mas não demorou muito para o marcador ser modificado. Aos 16 minutos, em momento bom da equipe baiana, após um cruzamento, a zaga do Belo se atrapalhou e a bola sobrou para Alan Costa marcar gol para o Vitória.

Antes do fim do primeiro tempo, mais um pênalti foi marcado a favor do Vitória. Patric foi para a cobrança e, mais uma vez, o rubro-negro desperdiçou a chance. Desta vez a bola acertou o travessão.

No segundo tempo, o Vitória não jogou bem, mas o Botafogo-PB não teve forças para empatar, sofrendo mais uma derrota e sendo eliminado da competição regional. O time baiano, por sua vez, segue brigando pela classificação.
Voz da Torcida