Stiupb convida trabalhadores para atos contra Privatização da Cagepa e Reforma da Previdência

wmNo próximo dia 15, dois importantes atos estarão sendo realizados em Campina Grande em defesa da classe trabalhadora. No período da manhã, a partir 9hs, no Auditório da OAB Campina Grande , o Sindicado dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas da Paraíba (Stiupb), estará realizando uma Audiência Pública para debater a possível privatização da Cagepa e formalizar a criação da Frente Paraibana em defesa da Água.
Ainda neste mesmo dia 15, tão logo termine a Audiência Pública, todos estarão sendo convidados a participarem de um protesto contra a Reforma da Previdência, a partir das 10h30, na Praça da Bandeira. A manifestação acontecerá em todo o País.
Durante a audiência, o presidente do Stiupb, Wilton Maia Velez, estará expondo aos trabalhadores e à sociedade em geral, quais os riscos de uma privatização da Cagepa, não apenas em relação a demissão de trabalhadores, mas também em possíveis aumentos de custos para os consumidores e prejuízos na qualidade dos serviços prestados.
O dirigente sindical teme outras cobranças por parte da Cagepa, caso ela seja privatizada, já que, atualmente, a empresa tem um alto custo mensal com energia e produtos para tratamento da água e, mesmo assim, não cobra nada a mais por isso na conta mensal do consumidor.
“Mesmo com o racionamento e as dificuldades adversas, a Cagepa manteve os serviços funcionando e não deixou a população sem água. Não está em jogo apenas o emprego de mais de 3 mil trabalhadores, mas o futuro de uma empresa que sabe que a água é um bem social e não um negócio para ganhar dinheiro”, destacou Wilton Maia.
Para a Audiência do dia 15, o Sindicato convidou deputados estaduais, vereadores, além de dirigentes sindicais.

wmNo próximo dia 15, dois importantes atos estarão sendo realizados em Campina Grande em defesa da classe trabalhadora. No período da manhã, a partir 9hs, no Auditório da OAB Campina Grande , o Sindicado dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas da Paraíba (Stiupb), estará realizando uma Audiência Pública para debater a possível privatização da Cagepa e formalizar a criação da Frente Paraibana em defesa da Água.
Ainda neste mesmo dia 15, tão logo termine a Audiência Pública, todos estarão sendo convidados a participarem de um protesto contra a Reforma da Previdência, a partir das 10h30, na Praça da Bandeira. A manifestação acontecerá em todo o País.
Durante a audiência, o presidente do Stiupb, Wilton Maia Velez, estará expondo aos trabalhadores e à sociedade em geral, quais os riscos de uma privatização da Cagepa, não apenas em relação a demissão de trabalhadores, mas também em possíveis aumentos de custos para os consumidores e prejuízos na qualidade dos serviços prestados.
O dirigente sindical teme outras cobranças por parte da Cagepa, caso ela seja privatizada, já que, atualmente, a empresa tem um alto custo mensal com energia e produtos para tratamento da água e, mesmo assim, não cobra nada a mais por isso na conta mensal do consumidor.
“Mesmo com o racionamento e as dificuldades adversas, a Cagepa manteve os serviços funcionando e não deixou a população sem água. Não está em jogo apenas o emprego de mais de 3 mil trabalhadores, mas o futuro de uma empresa que sabe que a água é um bem social e não um negócio para ganhar dinheiro”, destacou Wilton Maia.
Para a Audiência do dia 15, o Sindicato convidou deputados estaduais, vereadores, além de dirigentes sindicais.