Treze vence o Campinense e tem vantagem nas semifinais do Campeonato Paraibano

O estádio Amigão, em Campina Grande, recebeu, nesta quinta-feira (20), a primeira partida do Clássico dos Maiorais entre Treze e Campinense, que vale vaga para a final do Campeonato Paraibano 2017. Na partida, mesmo chegando a jogar com um atleta a menos por mais de uma hora, o Galo derrotou a Raposa por 2 a 1, ficando em vantagem para o jogo de volta.

Após quatro anos sem vencer o rival, o Galo entrou em campo com muita disposição, tanto que abriu dois gols de vantagem em menos de 10 minutos, no início do primeiro tempo. Aos cinco minutos, Dico invadiu a área e acabou derrubado por Joécio, da Raposa. O árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Marcelinho Paraíba bateu forte e abriu o placar.

Aos 12 minutos, Marcelinho puxou contra-ataque rápido para o Galo e passou para Edinho fazer o segundo.

Após o segundo gol, a Raposa foi melhorando e, aos 34 minutos, ainda no primeiro tempo. Reinaldo Alagoano recebeu passe de Sávio e diminuiu a diferença.

Pouco tempo depois, Robson, do Galo, foi expulso por falta em Sávio. Com um a menos, o jogo virou de ataque da Raposa contra defesa do Treze.

O Galo passou a sair mais nos contra-ataques, deixou o tempo passar e segurou o resultado. As equipes voltam a se enfrentar no domingo (23), às 18h30, também no estádio Amigão. O Treze entrará em campo sabendo que só precisa não sofrer gols para retornar a uma final do Paraibano. Para a Raposa, basta uma vitória simples para ir à decisão.

O estádio Amigão, em Campina Grande, recebeu, nesta quinta-feira (20), a primeira partida do Clássico dos Maiorais entre Treze e Campinense, que vale vaga para a final do Campeonato Paraibano 2017. Na partida, mesmo chegando a jogar com um atleta a menos por mais de uma hora, o Galo derrotou a Raposa por 2 a 1, ficando em vantagem para o jogo de volta.

Após quatro anos sem vencer o rival, o Galo entrou em campo com muita disposição, tanto que abriu dois gols de vantagem em menos de 10 minutos, no início do primeiro tempo. Aos cinco minutos, Dico invadiu a área e acabou derrubado por Joécio, da Raposa. O árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Marcelinho Paraíba bateu forte e abriu o placar.

Aos 12 minutos, Marcelinho puxou contra-ataque rápido para o Galo e passou para Edinho fazer o segundo.

Após o segundo gol, a Raposa foi melhorando e, aos 34 minutos, ainda no primeiro tempo. Reinaldo Alagoano recebeu passe de Sávio e diminuiu a diferença.

Pouco tempo depois, Robson, do Galo, foi expulso por falta em Sávio. Com um a menos, o jogo virou de ataque da Raposa contra defesa do Treze.

O Galo passou a sair mais nos contra-ataques, deixou o tempo passar e segurou o resultado. As equipes voltam a se enfrentar no domingo (23), às 18h30, também no estádio Amigão. O Treze entrará em campo sabendo que só precisa não sofrer gols para retornar a uma final do Paraibano. Para a Raposa, basta uma vitória simples para ir à decisão.