PSICOLOGIA AO SEU ALCANCE – Dieta, como controlar a ansiedade

Inicia agora uma série de artigos sobre dieta e emagrecimento. A mesma surgiu da minha necessidade de emagrecer em função da recomendação do meu cardiologista, pois no meu caso não é recomendado ter gordura abdominal. Na sériemostrarei como controlar a ansiedade no processo da gula e como manter o foco durante toda a dieta. Noto profissionalmente que o aspecto psicológico é um dos vilões do fracasso das dietas, pois não adianta nada o paciente ter a melhor dieta prescrita pelo seu nutricionista, nem a melhor série de exercício para queimar calorias se não tem controle sobre o que come e nem sabe combater a preguiça.

Como sou psicólogo, por duas décadas atendi pessoas que eram acompanhadas por médicos e nutricionistas com o intuito de emagrecer e precisavam lidar com a ansiedade que geravam compulsão em comer. Tendo essa experiência com tantos pacientes, porque não aplicar em mim?Assim, não apenas experimentarei o que prego, pois dá resultado, como também sentirei no corpo o que muitos dos meus pacientes relatam e é difícil de lidar. Sem dúvida é uma empreitada séria, pois quero perder 8 quilos em dez semanas. Vejo que é possível, pois preciso perder 800 gramas por semana, ou 114 gramas por dia.

Muitos já tentaram iniciar dieta alimentar apenas através da promessa, dizendo a si que terá força de vontade de cumprir o que foi prescrito e fracassaram. Então por experiência de acompanhar as dietas dos meus pacientes já sei que se tentar travar uma luta direta contra a fome e ansiedade através da vontade, é bem provável que eu perca. A gula bate e lá se foi minha promessa por água abaixo. Então o que fazer? Primeira coisa é definir a função do meu corpo. Para qual uso do meu corpo é fundamental que esteja magro? Pode ser por busca da boa saúde ou fator estético. Essa resposta é fundamental para que eu possa combater a ansiedade.

Nessas próximas dez semanas compartilharei os acertos e dificuldades que passarei. Bem como compreenderei através do conhecimento da psicologia o que aconteceu comigo durante esse período e o que é possível fazer de alternativa para quem está fazendo dieta. Gravarei toda quarta-feira vídeos para você acompanhar no meu canal do YouTube o resultado da minha dieta.

Psicólogo Flávio Melo Ribeiro
CRP12/00449

A Viver – Atividades em Psicologia desenvolveu programas psicoterapêuticos que possibilitam ser trabalhados em grupos e individual.
flavioviver@gmail.com (48) 9921-8811 (48) 3223-4386
Página no Facebook: Viver – Atividades em Psicologia

Canal no Youtube: Flávio Melo Ribeiro

 

Inicia agora uma série de artigos sobre dieta e emagrecimento. A mesma surgiu da minha necessidade de emagrecer em função da recomendação do meu cardiologista, pois no meu caso não é recomendado ter gordura abdominal. Na sériemostrarei como controlar a ansiedade no processo da gula e como manter o foco durante toda a dieta. Noto profissionalmente que o aspecto psicológico é um dos vilões do fracasso das dietas, pois não adianta nada o paciente ter a melhor dieta prescrita pelo seu nutricionista, nem a melhor série de exercício para queimar calorias se não tem controle sobre o que come e nem sabe combater a preguiça.

Como sou psicólogo, por duas décadas atendi pessoas que eram acompanhadas por médicos e nutricionistas com o intuito de emagrecer e precisavam lidar com a ansiedade que geravam compulsão em comer. Tendo essa experiência com tantos pacientes, porque não aplicar em mim?Assim, não apenas experimentarei o que prego, pois dá resultado, como também sentirei no corpo o que muitos dos meus pacientes relatam e é difícil de lidar. Sem dúvida é uma empreitada séria, pois quero perder 8 quilos em dez semanas. Vejo que é possível, pois preciso perder 800 gramas por semana, ou 114 gramas por dia.

Muitos já tentaram iniciar dieta alimentar apenas através da promessa, dizendo a si que terá força de vontade de cumprir o que foi prescrito e fracassaram. Então por experiência de acompanhar as dietas dos meus pacientes já sei que se tentar travar uma luta direta contra a fome e ansiedade através da vontade, é bem provável que eu perca. A gula bate e lá se foi minha promessa por água abaixo. Então o que fazer? Primeira coisa é definir a função do meu corpo. Para qual uso do meu corpo é fundamental que esteja magro? Pode ser por busca da boa saúde ou fator estético. Essa resposta é fundamental para que eu possa combater a ansiedade.

Nessas próximas dez semanas compartilharei os acertos e dificuldades que passarei. Bem como compreenderei através do conhecimento da psicologia o que aconteceu comigo durante esse período e o que é possível fazer de alternativa para quem está fazendo dieta. Gravarei toda quarta-feira vídeos para você acompanhar no meu canal do YouTube o resultado da minha dieta.

Psicólogo Flávio Melo Ribeiro
CRP12/00449

A Viver – Atividades em Psicologia desenvolveu programas psicoterapêuticos que possibilitam ser trabalhados em grupos e individual.
flavioviver@gmail.com (48) 9921-8811 (48) 3223-4386
Página no Facebook: Viver – Atividades em Psicologia

Canal no Youtube: Flávio Melo Ribeiro