Comerciários de Campina Grande ganham centro de convivência com área de repouso, internet e refeitório

GEDC0558Os comerciários de Campina Grande acabam de realizar um sonho que já era esperado há mais de vinte anos ela categoria. Agora eles podem usufruir do centro de convivência, situado no primeiro andar da Rua Maciel Pinheiro, 252, centro, e que funciona no horário do comércio local.
O empreendimento foi inaugurado no último dia 27 pelo presidente do Sindicato dos Comerciários, José do Nascimento Coelho, mas contou também com a presença de vários outros diretores, inclusive o grande responsável pela aquisição do prédio, o ex-presidente Ivam Freire, que há vinte anos começou a realizar o sonho da categoria, só agora concretizado.
Durante a inauguração José do Nascimento Coelho ressaltou que a abertura do centro de convivência representa um marco histórico do sindicato, “que desde à época do companheiro Iam Freire lutava por este tão importante projeto destinado a oferecer mais comodidade aos comerciários durante intervalos de suas jornadas de trabalho”.
Coelho disse ainda que “é importante lembrar os anos de luta para vermos este sonho realizado” e destacou “a importância das contribuições dos trabalhadores do comércio de Campina Grande e região, pois, sem dúvida, elas foram decisivas para o projeto prosperar”. Ele finalizou afirmando que sem as contribuições dos comerciários o centro de convivência não teria se tornado uma realidade.

EMOÇÃO – A emoção tomou conta do ex-presidente Ivam Freire quando ele foi chamado para falar durante a inauguração. Ele fez um relato histórico de como surgiu a ideia de criar o centro de convivência para os comerciários e disse que a princípio era construir um espaço de lazer e repouso no horário do almoço, com sala de jogos, tv e leitura.
“Hoje eu me sinto orgulhoso do projeto ter sido concretizado e ampliado e vejo que a entrada de Coelho na diretoria do sindicato foi uma opção acertada e positiva para a entidade e para a categoria, diante de tanto que ele já tem feito pelos comerciários nos últimos vinte anos”. Ivam se emocionou mais ainda quando Coelho disse que em breve será colocada uma placa no local com o nome Centro de Convivência dos Comerciários Ivam Freire, como reconhecimento por sua luta pela aquisição do prédio.

ESTRUTURA – Adquirido em 1992, o andar onde funciona o centro de convivência foi reformado com recursos provenientes das contribuições dos trabalhadores do comércio campinense e oferece aos usuários uma maior comodidade durante os intervalos de trabalho. No local os comerciários podem desfrutar do refeitório (onde podem esquentar a comida no microondas), uma área totalmente climatizada, sala de TV, computadores e internet, sala de repouso, local de leitura e sanitários, entre outros benefícios.

GEDC0573 GEDC0578 GEDC0582 GEDC0587

GEDC0558Os comerciários de Campina Grande acabam de realizar um sonho que já era esperado há mais de vinte anos ela categoria. Agora eles podem usufruir do centro de convivência, situado no primeiro andar da Rua Maciel Pinheiro, 252, centro, e que funciona no horário do comércio local.
O empreendimento foi inaugurado no último dia 27 pelo presidente do Sindicato dos Comerciários, José do Nascimento Coelho, mas contou também com a presença de vários outros diretores, inclusive o grande responsável pela aquisição do prédio, o ex-presidente Ivam Freire, que há vinte anos começou a realizar o sonho da categoria, só agora concretizado.
Durante a inauguração José do Nascimento Coelho ressaltou que a abertura do centro de convivência representa um marco histórico do sindicato, “que desde à época do companheiro Iam Freire lutava por este tão importante projeto destinado a oferecer mais comodidade aos comerciários durante intervalos de suas jornadas de trabalho”.
Coelho disse ainda que “é importante lembrar os anos de luta para vermos este sonho realizado” e destacou “a importância das contribuições dos trabalhadores do comércio de Campina Grande e região, pois, sem dúvida, elas foram decisivas para o projeto prosperar”. Ele finalizou afirmando que sem as contribuições dos comerciários o centro de convivência não teria se tornado uma realidade.

EMOÇÃO – A emoção tomou conta do ex-presidente Ivam Freire quando ele foi chamado para falar durante a inauguração. Ele fez um relato histórico de como surgiu a ideia de criar o centro de convivência para os comerciários e disse que a princípio era construir um espaço de lazer e repouso no horário do almoço, com sala de jogos, tv e leitura.
“Hoje eu me sinto orgulhoso do projeto ter sido concretizado e ampliado e vejo que a entrada de Coelho na diretoria do sindicato foi uma opção acertada e positiva para a entidade e para a categoria, diante de tanto que ele já tem feito pelos comerciários nos últimos vinte anos”. Ivam se emocionou mais ainda quando Coelho disse que em breve será colocada uma placa no local com o nome Centro de Convivência dos Comerciários Ivam Freire, como reconhecimento por sua luta pela aquisição do prédio.

ESTRUTURA – Adquirido em 1992, o andar onde funciona o centro de convivência foi reformado com recursos provenientes das contribuições dos trabalhadores do comércio campinense e oferece aos usuários uma maior comodidade durante os intervalos de trabalho. No local os comerciários podem desfrutar do refeitório (onde podem esquentar a comida no microondas), uma área totalmente climatizada, sala de TV, computadores e internet, sala de repouso, local de leitura e sanitários, entre outros benefícios.

GEDC0573 GEDC0578 GEDC0582 GEDC0587