Morre Adelino, ex-atacante ídolo do Treze e Campinense

leaoÍdolo do Treze Futebol Clube, o atacante Adelino será ainda mais eterno na história do alvinegro de Campina Grande. Chamado de ‘Leão do Galo’, o ex-jogador de 68 anos faleceu na manhã desta quarta-feira (3), no Hospital de Trauma da Rainha da Borborema. Através da assessoria de comunicação, o corpo médico divulgou que a causa da morte foi uma úlcera que estava estrangulada. Ele estava internado desde segunda-feira (1º) com problemas no sistema gastrointestinal. Adelino precisou ficar na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) durante o período, e na manhã de hoje (3), não resistiu.

Considerado um dos maiores goleadores da história do Treze, Adelino vestiu a camisa alvinegra pela primeira vem em 1969, vindo de Mossoró (RN), sua terra natal.

Artilheiro

Dos 151 gols marcados pelo ex-atacante, uma história é bem curiosa: Adelino marcou oito gols em uma só partida, durante o Campeonato Paraibano de 1979, diante do Nacional de Cabedelo. No episódio, o Leão do Galo sozinho marcou oito, dos 13 gols marcados pelo alvinegro e se consagrou como um dos jogadores brasileiros que mais fizeram gols numa mesma partida.

Dos campos para as oficinas

Adelino terminou sua carreira em 1980, ainda jogando pelo Treze. Depois que deixou o mundo da bola, o craque montou uma oficina de lanternagem e pintura de automóveis. A família do Leão do Galo contou que um dos momentos mais importantes da sua vida, considerado por ele, foi ter recebido o Título de Cidadão Campinense em 2007.

Não foram divulgados pela família, os detalhes em relação ao velório e o sepultamento do ex-jogador.
Correio da Paraiba

leaoÍdolo do Treze Futebol Clube, o atacante Adelino será ainda mais eterno na história do alvinegro de Campina Grande. Chamado de ‘Leão do Galo’, o ex-jogador de 68 anos faleceu na manhã desta quarta-feira (3), no Hospital de Trauma da Rainha da Borborema. Através da assessoria de comunicação, o corpo médico divulgou que a causa da morte foi uma úlcera que estava estrangulada. Ele estava internado desde segunda-feira (1º) com problemas no sistema gastrointestinal. Adelino precisou ficar na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) durante o período, e na manhã de hoje (3), não resistiu.

Considerado um dos maiores goleadores da história do Treze, Adelino vestiu a camisa alvinegra pela primeira vem em 1969, vindo de Mossoró (RN), sua terra natal.

Artilheiro

Dos 151 gols marcados pelo ex-atacante, uma história é bem curiosa: Adelino marcou oito gols em uma só partida, durante o Campeonato Paraibano de 1979, diante do Nacional de Cabedelo. No episódio, o Leão do Galo sozinho marcou oito, dos 13 gols marcados pelo alvinegro e se consagrou como um dos jogadores brasileiros que mais fizeram gols numa mesma partida.

Dos campos para as oficinas

Adelino terminou sua carreira em 1980, ainda jogando pelo Treze. Depois que deixou o mundo da bola, o craque montou uma oficina de lanternagem e pintura de automóveis. A família do Leão do Galo contou que um dos momentos mais importantes da sua vida, considerado por ele, foi ter recebido o Título de Cidadão Campinense em 2007.

Não foram divulgados pela família, os detalhes em relação ao velório e o sepultamento do ex-jogador.
Correio da Paraiba