Polícia intercepta quadrilha que estaria planejando explodir banco no Agreste da Paraíba

Quatro homens foram presos em flagrante, na noite dessa quarta-feira (3), após uma abordagem ao carro em que eles estavam, na cidade de Lagoa de Roça. Dentro do veículo, os policiais do 10º Batalhão encontraram um revólver calibre 38. A polícia suspeita de que eles pretendiam monitorar um banco que seria atacado na madrugada desta quinta-feira (4), na cidade de Esperança, no Agreste da Paraíba.
Os presos têm 44, 35 e dois deles, 20 anos. Eles são das cidades de Santa Cruz do Capibaribe e Timbaúba (PE). Dois deles já respondem processos por roubo e os outros estão sendo investigados.
De acordo com o comandante do 10º Batalhão, major Pablo Cunha, a prisão do grupo pode desarticular um grupo maior de criminosos. “Foi um trabalho integrado, que começou com a Polícia Militar abordando o veículo que eles estavam seguindo em direção à cidade de Esperança, onde provavelmente iriam monitorar o movimento para uma possível ação contra banco, e continua com a Polícia Civil investigando os suspeitos para chegar a outros criminosos de planejar crimes na região”, destacou.
Os quatro presos, a arma apreendida e o carro usado pela quadrilha foram levados para a Delegacia de Polícia Civil, em Esperança.

Quatro homens foram presos em flagrante, na noite dessa quarta-feira (3), após uma abordagem ao carro em que eles estavam, na cidade de Lagoa de Roça. Dentro do veículo, os policiais do 10º Batalhão encontraram um revólver calibre 38. A polícia suspeita de que eles pretendiam monitorar um banco que seria atacado na madrugada desta quinta-feira (4), na cidade de Esperança, no Agreste da Paraíba.
Os presos têm 44, 35 e dois deles, 20 anos. Eles são das cidades de Santa Cruz do Capibaribe e Timbaúba (PE). Dois deles já respondem processos por roubo e os outros estão sendo investigados.
De acordo com o comandante do 10º Batalhão, major Pablo Cunha, a prisão do grupo pode desarticular um grupo maior de criminosos. “Foi um trabalho integrado, que começou com a Polícia Militar abordando o veículo que eles estavam seguindo em direção à cidade de Esperança, onde provavelmente iriam monitorar o movimento para uma possível ação contra banco, e continua com a Polícia Civil investigando os suspeitos para chegar a outros criminosos de planejar crimes na região”, destacou.
Os quatro presos, a arma apreendida e o carro usado pela quadrilha foram levados para a Delegacia de Polícia Civil, em Esperança.