Polícias Civil e Militar prendem cinco pessoas e apreendem cocaína e armas durante operação integrada

Uma operação integrada realizada na manhã desta quinta-feira (11) por Policiais Civis do Grupo Tático Especial da 19ª Delegacia Seccional de Sousa e policiais militares do 14º Batalhão resultou na prisão de cinco pessoas em três bairros do município de Sousa, no Sertão paraibano. A ação envolveu 48 policiais e 16 viaturas.
A operação foi resultado de uma investigação que mapeou os pontos de vendas de drogas na cidade e identificou os responsáveis pela venda de entorpecentes. Os levantamentos mostraram como funcionava este comércio e como estes criminosos agiam muitos deles sendo responsáveis pela prática de outros crimes como assaltos, roubos e suspeita de homicídios.
Os policias saíram às ruas para cumprir sete mandados de busca e apreensão e sete de prisão. Três destes alvos foram presos e em uma das casas dos suspeitos os policiais encontraram um casal que foi detido para averiguação. Com o grupo foram apreendidas armas e cocaína embalada e pronta para venda. A polícia suspeita que a droga ia ser comercializada durante o Sousa Folia, que ocorre neste final de semana na cidade.
Foi preso, no bairro da Estação, Alan Fagner Roberto, 30 anos. Com ele a Polícia encontrou uma pistola. Edvanilson Galdino Silva, 32 anos, foi encontrado no bairro do Mutirão com um revólver calibre 38. Já no bairro Várzea da Cruz, foi preso Elias Oliveira do Nascimento, 22 anos, com quem estava a cocaína. As duas armas foram encaminhadas para o Instituto de Polícia Científica para ser realizado o exame de confronto balístico e saber se elas foram usadas para praticar homicídios na região.
“O objetivo do nosso trabalho foi de fazer uma varredura na cidade e apreender armas e drogas. Neste final de semana acontece uma das maiores festas do município e milhares de pessoas são esperadas aqui. Estes criminosos já estavam preparados para agir, mas graças à ação integrada das polícias conseguimos evitar que eles cometessem crimes. É muito importante destacar o empenho dos policiais civis e militares, estes comandados pelo major Jurandy. O nosso trabalho vai continuar para prender os outros suspeitos que fugiam e para manter a tranquilidade na região”, disse o delegado seccional de Sousa, Sylvio Rabello.
Todos os suspeitos presos na operação foram encaminhados para a Delegacia de Sousa, onde vão aguardar na carceragem pela audiência de custódia.

Uma operação integrada realizada na manhã desta quinta-feira (11) por Policiais Civis do Grupo Tático Especial da 19ª Delegacia Seccional de Sousa e policiais militares do 14º Batalhão resultou na prisão de cinco pessoas em três bairros do município de Sousa, no Sertão paraibano. A ação envolveu 48 policiais e 16 viaturas.
A operação foi resultado de uma investigação que mapeou os pontos de vendas de drogas na cidade e identificou os responsáveis pela venda de entorpecentes. Os levantamentos mostraram como funcionava este comércio e como estes criminosos agiam muitos deles sendo responsáveis pela prática de outros crimes como assaltos, roubos e suspeita de homicídios.
Os policias saíram às ruas para cumprir sete mandados de busca e apreensão e sete de prisão. Três destes alvos foram presos e em uma das casas dos suspeitos os policiais encontraram um casal que foi detido para averiguação. Com o grupo foram apreendidas armas e cocaína embalada e pronta para venda. A polícia suspeita que a droga ia ser comercializada durante o Sousa Folia, que ocorre neste final de semana na cidade.
Foi preso, no bairro da Estação, Alan Fagner Roberto, 30 anos. Com ele a Polícia encontrou uma pistola. Edvanilson Galdino Silva, 32 anos, foi encontrado no bairro do Mutirão com um revólver calibre 38. Já no bairro Várzea da Cruz, foi preso Elias Oliveira do Nascimento, 22 anos, com quem estava a cocaína. As duas armas foram encaminhadas para o Instituto de Polícia Científica para ser realizado o exame de confronto balístico e saber se elas foram usadas para praticar homicídios na região.
“O objetivo do nosso trabalho foi de fazer uma varredura na cidade e apreender armas e drogas. Neste final de semana acontece uma das maiores festas do município e milhares de pessoas são esperadas aqui. Estes criminosos já estavam preparados para agir, mas graças à ação integrada das polícias conseguimos evitar que eles cometessem crimes. É muito importante destacar o empenho dos policiais civis e militares, estes comandados pelo major Jurandy. O nosso trabalho vai continuar para prender os outros suspeitos que fugiam e para manter a tranquilidade na região”, disse o delegado seccional de Sousa, Sylvio Rabello.
Todos os suspeitos presos na operação foram encaminhados para a Delegacia de Sousa, onde vão aguardar na carceragem pela audiência de custódia.