Grupo explode fundos de presídio e destrói casa em Guapó, GO

bum2Um grupo armado explodiu os fundos do Presídio de Guapó, Região Metropolitana de Goiânia, na manhã desta terça-feira (30). Segundo a Polícia Civil, com a explosão, uma casa vizinha à cadeia ficou destruída.
De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP), onze presos fugiram e seis se feriram. Uma mulher, que mora de aluguel na casa, também se machucou. Um vídeo mostra quando ela é socorrida por populares (assista).
A mulher ferida foi encaminahda para o Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), em Goiânia. Ainda não há informações sobre o estado de saúde dela.
Já os presos foram levados para o Hospital Municipal de Guapó. Todos tiveram escoriações diversas decorrentes da explosão.

Pavor
Durante a ação, tiros foram disparados, deixando a população assustada. O presídio fica na região central da cidade e é cercado por várias casas. Segundo dados de 2016 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o município tem pouco mais de 14 mil habitantes.
Agentes da SSPAP que estiveram no local informaram ao G1 que, no momento da explosão, havia 87 presos na unidade. Porém, eles não revelaram qual a capacidade do presídio.
A SSPAP informou, em nota, que foram tomadas “medidas emergenciais para atendimento dos feridos e transferência dos demais presos”.
Policiais militares e civis foram acionados e conseguiram evitar novas fugas no local. A PM também está à procura dos detentos que escaparam. Já o Corpo de Bombeiros atua no local para prestar socorro às vítimas.
Ao G1, o comandante-geral da PM, coronel Divino Alves, informou que um dos detentos já foi recapturado.
G1

bum2Um grupo armado explodiu os fundos do Presídio de Guapó, Região Metropolitana de Goiânia, na manhã desta terça-feira (30). Segundo a Polícia Civil, com a explosão, uma casa vizinha à cadeia ficou destruída.
De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP), onze presos fugiram e seis se feriram. Uma mulher, que mora de aluguel na casa, também se machucou. Um vídeo mostra quando ela é socorrida por populares (assista).
A mulher ferida foi encaminahda para o Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), em Goiânia. Ainda não há informações sobre o estado de saúde dela.
Já os presos foram levados para o Hospital Municipal de Guapó. Todos tiveram escoriações diversas decorrentes da explosão.

Pavor
Durante a ação, tiros foram disparados, deixando a população assustada. O presídio fica na região central da cidade e é cercado por várias casas. Segundo dados de 2016 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o município tem pouco mais de 14 mil habitantes.
Agentes da SSPAP que estiveram no local informaram ao G1 que, no momento da explosão, havia 87 presos na unidade. Porém, eles não revelaram qual a capacidade do presídio.
A SSPAP informou, em nota, que foram tomadas “medidas emergenciais para atendimento dos feridos e transferência dos demais presos”.
Policiais militares e civis foram acionados e conseguiram evitar novas fugas no local. A PM também está à procura dos detentos que escaparam. Já o Corpo de Bombeiros atua no local para prestar socorro às vítimas.
Ao G1, o comandante-geral da PM, coronel Divino Alves, informou que um dos detentos já foi recapturado.
G1