Sindicato vai ampliar serviços do centro de convivência para melhor atender aos comerciários

O Sindicato dos Empregados no Comércio de Campina Grande e Região vai ampliar os serviços oferecidos à categoria comerciária, pelo Centro de Convivência, situado na Rua Maciel Pinheiro, no 252, 1º andar, inaugurado no dia 27 abril do corrente ano.
Segundo o presidente do sindicato, José do Nascimento Coelho, o espaço de repouso está atraindo muitos trabalhadores do comércio, principalmente na hora do almoço, havendo, inclusive, a necessidade de ampliação dos serviços, para um maior conforto e comodidade aos mesmos.
O espaço totalmente climatizado, possui armários projetados, recepção, copa, sala de TV com internet, sala de repouso com poltronas adequadas ao descanso, local para leitura, refeitório, banheiros (masculino e feminino).
Coelho ressalta que o funcionamento do Centro de Convivência representa um marco histórico do sindicato, “que desde à época do companheiro Ivam Freire, lutava por este tão importante projeto destinado a oferecer mais comodidade aos comerciários durante intervalos de suas jornadas de trabalho”.
O sindicalista acrescenta ser importante lembrar os anos de luta para “vermos este sonho realizado, não esquecendo das contribuições dos trabalhadores do comércio de Campina Grande e Região, pois, sem dúvida, elas foram decisivas para o projeto prosperar. Sem estas o Centro de Convivência não teria se tornado uma realidade”, finaliza.

Texto: ASCOM/SINDCOMERCIÁRIOS

O Sindicato dos Empregados no Comércio de Campina Grande e Região vai ampliar os serviços oferecidos à categoria comerciária, pelo Centro de Convivência, situado na Rua Maciel Pinheiro, no 252, 1º andar, inaugurado no dia 27 abril do corrente ano.
Segundo o presidente do sindicato, José do Nascimento Coelho, o espaço de repouso está atraindo muitos trabalhadores do comércio, principalmente na hora do almoço, havendo, inclusive, a necessidade de ampliação dos serviços, para um maior conforto e comodidade aos mesmos.
O espaço totalmente climatizado, possui armários projetados, recepção, copa, sala de TV com internet, sala de repouso com poltronas adequadas ao descanso, local para leitura, refeitório, banheiros (masculino e feminino).
Coelho ressalta que o funcionamento do Centro de Convivência representa um marco histórico do sindicato, “que desde à época do companheiro Ivam Freire, lutava por este tão importante projeto destinado a oferecer mais comodidade aos comerciários durante intervalos de suas jornadas de trabalho”.
O sindicalista acrescenta ser importante lembrar os anos de luta para “vermos este sonho realizado, não esquecendo das contribuições dos trabalhadores do comércio de Campina Grande e Região, pois, sem dúvida, elas foram decisivas para o projeto prosperar. Sem estas o Centro de Convivência não teria se tornado uma realidade”, finaliza.

Texto: ASCOM/SINDCOMERCIÁRIOS