Polícia prende suspeito de matar mulher em Santa Rita

A Polícia Civil da Paraíba, por meio do trabalho investigativo do Núcleo de Homicídios de Santa Rita, efetuou, na tarde dessa segunda-feira (19), após diligências ininterruptas, a prisão em flagrante de Edmilson Carvalho da Silva, 25 anos, apontado como sendo autor de um homicídio naquele município, fato ocorrido no último final de semana.

De acordo com o delegado do Núcleo de Homicídio, Carlos Othon, Edmilson teria matado Djalmira da Silva Nascimento, 22 anos, encontrada morta e enrolada em um lençol, no dia 18 de junho deste ano. O corpo de Djalmira foi localizado em um canavial próximo à Usina São João, zona rural de Santa Rita-PB. Após tomar conhecimento do fato, a Polícia deu início às investigações, que contaram com ajuda de uma testemunha que viu a movimentação na residência da vítima.

As informações levantadas pelas autoridades policiais dão conta de que o motivo do crime teria sido a recusa de Djalmira em não querer continuar com Edmilson, com quem mantinha um relacionamento há mais de dois meses. Após várias tentativas de reconciliação, no último domingo, Edmilson teria procurado Djalmira, que acabou sendo morta por perfuração de objeto ainda desconhecido pela Polícia, mas que já está sendo investigado.

Os agentes policiais do Núcleo de Homicídios ainda apreenderam o automóvel utilizado na desova do cadáver. Durante a perícia realizada ainda na noite dessa segunda-feira (20), foi constatado pelos peritos, por meio do uso do reagente luminol, que o referido automóvel apresentava vestígios ao que tudo indica de sangue, notadamente no porta-malas, onde o corpo possa ter sido transportado.

O suspeito foi conduzido para a Carceragem da Central de Polícia, no bairro do Geisel, em João Pessoa, em seguida deverá ser apresentado à audiência de custódia e, conforme decisão judicial, transferido para o Presídio Padrão em Santa Rita.

A Polícia Civil da Paraíba, por meio do trabalho investigativo do Núcleo de Homicídios de Santa Rita, efetuou, na tarde dessa segunda-feira (19), após diligências ininterruptas, a prisão em flagrante de Edmilson Carvalho da Silva, 25 anos, apontado como sendo autor de um homicídio naquele município, fato ocorrido no último final de semana.

De acordo com o delegado do Núcleo de Homicídio, Carlos Othon, Edmilson teria matado Djalmira da Silva Nascimento, 22 anos, encontrada morta e enrolada em um lençol, no dia 18 de junho deste ano. O corpo de Djalmira foi localizado em um canavial próximo à Usina São João, zona rural de Santa Rita-PB. Após tomar conhecimento do fato, a Polícia deu início às investigações, que contaram com ajuda de uma testemunha que viu a movimentação na residência da vítima.

As informações levantadas pelas autoridades policiais dão conta de que o motivo do crime teria sido a recusa de Djalmira em não querer continuar com Edmilson, com quem mantinha um relacionamento há mais de dois meses. Após várias tentativas de reconciliação, no último domingo, Edmilson teria procurado Djalmira, que acabou sendo morta por perfuração de objeto ainda desconhecido pela Polícia, mas que já está sendo investigado.

Os agentes policiais do Núcleo de Homicídios ainda apreenderam o automóvel utilizado na desova do cadáver. Durante a perícia realizada ainda na noite dessa segunda-feira (20), foi constatado pelos peritos, por meio do uso do reagente luminol, que o referido automóvel apresentava vestígios ao que tudo indica de sangue, notadamente no porta-malas, onde o corpo possa ter sido transportado.

O suspeito foi conduzido para a Carceragem da Central de Polícia, no bairro do Geisel, em João Pessoa, em seguida deverá ser apresentado à audiência de custódia e, conforme decisão judicial, transferido para o Presídio Padrão em Santa Rita.