Paraibano morre afogado ao tentar salvar filho no Rio Grande do Norte

O instrutor de kitesurfe Gustavo Augusto, conhecido como Pica-Pau, morreu na tarde dessa quarta-feira (21), enquanto praticava o esporte com seu filho na praia de São Miguel do Gostoso, no Rio Grande do Norte. A criança, de oito anos, teria caído na água e, na tentativa de resgatá-lo, Gustavo acabou se afogando.

De acordo com informações de pescadores da região, o kitesurfista estava na água com seu filho nas costas. Em determinado momento a criança caiu e Gustavo abandonou a prancha para tentar impedir que ele se afogasse. Outros kitesurfistas e pescadores perceberam a movimentação e foram ajudá-los. Gustavo teve forças para empurrar o filho de encontro aos pescadores, mas afundou na água.

O corpo de Gustavo só foi encontrado cerca de uma hora depois, a aproximadamente 100 metros da costa. Equipes do Instituto Técnico-Científico da Polícia Militar encaminharam o corpo até o Instituto Médico Legal (IML). O filho do kitesurfista foi resgatado e passa bem.

O instrutor de kitesurfe Gustavo Augusto, conhecido como Pica-Pau, morreu na tarde dessa quarta-feira (21), enquanto praticava o esporte com seu filho na praia de São Miguel do Gostoso, no Rio Grande do Norte. A criança, de oito anos, teria caído na água e, na tentativa de resgatá-lo, Gustavo acabou se afogando.

De acordo com informações de pescadores da região, o kitesurfista estava na água com seu filho nas costas. Em determinado momento a criança caiu e Gustavo abandonou a prancha para tentar impedir que ele se afogasse. Outros kitesurfistas e pescadores perceberam a movimentação e foram ajudá-los. Gustavo teve forças para empurrar o filho de encontro aos pescadores, mas afundou na água.

O corpo de Gustavo só foi encontrado cerca de uma hora depois, a aproximadamente 100 metros da costa. Equipes do Instituto Técnico-Científico da Polícia Militar encaminharam o corpo até o Instituto Médico Legal (IML). O filho do kitesurfista foi resgatado e passa bem.