Jovem ameaçava crianças para fazer vídeos sensuais na Paraíba, diz PM

Uma das crianças que foi filmada praticando atos sexuais com outras crianças na cidade de Santa Luzia, na Paraíba, alega que foi ameaçada por um jovem de 19 anos, que foi preso como suspeito. Segundo o comandante da Polícia Militar, na cidade, o jovem teria dito que amordaçaria a vítima caso ela não participasse da gravação. O vídeo foi divulgado em redes socais e o jovem acabou preso.
“No vídeo o suspeito coloca as três crianças de 5, 8 e 10 anos para trocar carícias, fazendo pornografias. Uma das crianças disse que se elas não participassem da filmagem ele iria amordaçá-la com um pano”, disse o tenente Anselmo, comandante da 3º Companhia de Policia Militar, em Santa Luzia,
O jovem de 19 anos foi preso no fim da tarde desta terça-feira (4), quando estava em casa na cidade de Santa Luzia. O caso foi descoberto depois que a mãe das crianças teria flagrado o jovem filmando elas. O G1 tentou entrar em contato com a Polícia Civil, na cidade, mas as ligações não foram atendidas.
Durante a prisão, o celular o jovem de 19 foi apreendido. Ele foi encaminhado para a cadeira pública de Santa Luzia e o aparelho vai passar por uma perícia para confirmar se foi através do celular do jovem que o vídeo foi feito e enviado para outras pessoas e redes sociais.
O artigo 240 do Estatuto da Criança e do Adolescente aponta como pedofilia a utilização de criança ou adolescente em cena pornográfica.
G1

Uma das crianças que foi filmada praticando atos sexuais com outras crianças na cidade de Santa Luzia, na Paraíba, alega que foi ameaçada por um jovem de 19 anos, que foi preso como suspeito. Segundo o comandante da Polícia Militar, na cidade, o jovem teria dito que amordaçaria a vítima caso ela não participasse da gravação. O vídeo foi divulgado em redes socais e o jovem acabou preso.
“No vídeo o suspeito coloca as três crianças de 5, 8 e 10 anos para trocar carícias, fazendo pornografias. Uma das crianças disse que se elas não participassem da filmagem ele iria amordaçá-la com um pano”, disse o tenente Anselmo, comandante da 3º Companhia de Policia Militar, em Santa Luzia,
O jovem de 19 anos foi preso no fim da tarde desta terça-feira (4), quando estava em casa na cidade de Santa Luzia. O caso foi descoberto depois que a mãe das crianças teria flagrado o jovem filmando elas. O G1 tentou entrar em contato com a Polícia Civil, na cidade, mas as ligações não foram atendidas.
Durante a prisão, o celular o jovem de 19 foi apreendido. Ele foi encaminhado para a cadeira pública de Santa Luzia e o aparelho vai passar por uma perícia para confirmar se foi através do celular do jovem que o vídeo foi feito e enviado para outras pessoas e redes sociais.
O artigo 240 do Estatuto da Criança e do Adolescente aponta como pedofilia a utilização de criança ou adolescente em cena pornográfica.
G1