Stiupb reúne leituristas de empresa terceirizada à Cagepa para definir pauta de reivindicações

leiturstasO Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas da Paraíba (Stiupb), reuniu, na tarde de quinta-feira, 06, os leituristas da empresa terceirizada à Cagepa, no caso a F.IMM Brasil Ltda. Na ocasião, o presidente da entidade, Wilton Maia Velez, passou as informações em relação à decisão Tribunal Regional do Trabalho da Paraíba sobre a legitimidade do Stiupb em defender os interesses da citada categoria.

Em falas espontâneas, os trabalhadores relataram que estão abandonados pelo Sindicato anterior, sem direito a benefício algum: “Vivemos uma situação complicada, sem direito a almoço em deslocamentos, sem adicionais, salários achatados e muitas irregularidades”, disse um deles na Assembleia Geral realizada na sede do Stiupb.

Wilton Maia disse que há mais de dois anos o Sindicato aguardava uma decisão do TRT sobre a legitimidade: “Ficamos aguardando pacientemente, no tempo certo. E agora, com esse reconhecimento, iremos defender ainda mais esse segmento tão esquecido e necessitado de ajuda. É o nosso sincero compromisso com vocês”, disse o sindicalista aos servidores presentes.

Outras assembleias serão realizadas brevemente para a tomada de decisões conjuntas e a definição das propostas da Pauta de Reivindicações para as negociações do Acordo Coletivo de Trabalho da F. IMM. BRASIL LTDA 2017/2018.
No tempo certo, o Sindicato dos Urbanitários também vai solicitar mediação junto Ministério do Trabalho para “mesa redonda” a fim de discutir com a empresa, a proposta de Acordo Coletivo de Trabalho que será aprovada pela categoria.

leiturstasO Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas da Paraíba (Stiupb), reuniu, na tarde de quinta-feira, 06, os leituristas da empresa terceirizada à Cagepa, no caso a F.IMM Brasil Ltda. Na ocasião, o presidente da entidade, Wilton Maia Velez, passou as informações em relação à decisão Tribunal Regional do Trabalho da Paraíba sobre a legitimidade do Stiupb em defender os interesses da citada categoria.

Em falas espontâneas, os trabalhadores relataram que estão abandonados pelo Sindicato anterior, sem direito a benefício algum: “Vivemos uma situação complicada, sem direito a almoço em deslocamentos, sem adicionais, salários achatados e muitas irregularidades”, disse um deles na Assembleia Geral realizada na sede do Stiupb.

Wilton Maia disse que há mais de dois anos o Sindicato aguardava uma decisão do TRT sobre a legitimidade: “Ficamos aguardando pacientemente, no tempo certo. E agora, com esse reconhecimento, iremos defender ainda mais esse segmento tão esquecido e necessitado de ajuda. É o nosso sincero compromisso com vocês”, disse o sindicalista aos servidores presentes.

Outras assembleias serão realizadas brevemente para a tomada de decisões conjuntas e a definição das propostas da Pauta de Reivindicações para as negociações do Acordo Coletivo de Trabalho da F. IMM. BRASIL LTDA 2017/2018.
No tempo certo, o Sindicato dos Urbanitários também vai solicitar mediação junto Ministério do Trabalho para “mesa redonda” a fim de discutir com a empresa, a proposta de Acordo Coletivo de Trabalho que será aprovada pela categoria.