Fortaleza vence o Belo, que sofre quarta derrota seguida na Série C do Brasileirão

Botafogo-PB e Fortaleza se enfrentaram em busca da reabilitação na Série C na noite desta sexta-feira (21), no estádio Almeidão, em João Pessoa. Jogando mal, o time paraibano sofreu a quarta derrota consecutiva e pode deixar o G4 no fim da rodada. Os dois gols da equipe adversária foram marcados por Bruno Melo.
Jogando em casa, o Belo começou a partida tentando pressionar e, nos primeiros minutos, rondava bastante a área. Sem muita efetividade, mas controlava as ações do jogo. Mas logo na primeira chegada, o Leão do Pici abriu o placar. Aos 11 minutos, após cobrança de escanteio pela direita, Bruno Melo se antecipou e, no primeiro pau, desviou de cabeça e mandou no canto direito do goleiro para abrir o placar.
Depois do gol sofrido, a equipe pessoense sentiu a pressão e pouco conseguiu criar. A chance mais clara foi em um chute de fora da área de Cleyton, aos 14 minutos, que passou à direita da meta cearense. O Fortaleza se fechou e neutralizou as infiltrações botafoguenses, que aconteciam sempre pelo meio de campo, e assim conseguiu levar a vantagem para o intervalo do jogo.
No segundo tempo, o time da Capital seguia sem conseguir se organizar. O técnico Itamar Schülle voltou com Lito na vaga de Rafael Cruz, mas pouca coisa mudou. Sem conseguir criar, o Belo teve mais de 20 minutos para jogar com um jogador a mais, quando Jefferson foi expulso, aos 25 minutos. Mas ainda assim o time sofria com a criação e também com o visível nervosismo dos jogadores.
A única chance clara de empate no segundo tempo veio aos 42 minutos, quando depois de cruzamento da esquerda, a bola sobrou na grande área para Lito, que encheu o pé, mas mandou a bomba por cima do gol.
Já quase no final da partida, aos 48 minutos, Lito cometeu pênalti em Everton. Na cobrança, Bruno Melo mandou no meio do gol, marcou o segundo dele na partida e fechou o placar. Logo na sequência o árbitro apitou o fim do jogo.
Voz da torcida
Botafogo-PB e Fortaleza se enfrentaram em busca da reabilitação na Série C na noite desta sexta-feira (21), no estádio Almeidão, em João Pessoa. Jogando mal, o time paraibano sofreu a quarta derrota consecutiva e pode deixar o G4 no fim da rodada. Os dois gols da equipe adversária foram marcados por Bruno Melo.
Jogando em casa, o Belo começou a partida tentando pressionar e, nos primeiros minutos, rondava bastante a área. Sem muita efetividade, mas controlava as ações do jogo. Mas logo na primeira chegada, o Leão do Pici abriu o placar. Aos 11 minutos, após cobrança de escanteio pela direita, Bruno Melo se antecipou e, no primeiro pau, desviou de cabeça e mandou no canto direito do goleiro para abrir o placar.
Depois do gol sofrido, a equipe pessoense sentiu a pressão e pouco conseguiu criar. A chance mais clara foi em um chute de fora da área de Cleyton, aos 14 minutos, que passou à direita da meta cearense. O Fortaleza se fechou e neutralizou as infiltrações botafoguenses, que aconteciam sempre pelo meio de campo, e assim conseguiu levar a vantagem para o intervalo do jogo.
No segundo tempo, o time da Capital seguia sem conseguir se organizar. O técnico Itamar Schülle voltou com Lito na vaga de Rafael Cruz, mas pouca coisa mudou. Sem conseguir criar, o Belo teve mais de 20 minutos para jogar com um jogador a mais, quando Jefferson foi expulso, aos 25 minutos. Mas ainda assim o time sofria com a criação e também com o visível nervosismo dos jogadores.
A única chance clara de empate no segundo tempo veio aos 42 minutos, quando depois de cruzamento da esquerda, a bola sobrou na grande área para Lito, que encheu o pé, mas mandou a bomba por cima do gol.
Já quase no final da partida, aos 48 minutos, Lito cometeu pênalti em Everton. Na cobrança, Bruno Melo mandou no meio do gol, marcou o segundo dele na partida e fechou o placar. Logo na sequência o árbitro apitou o fim do jogo.
Voz da torcida