Motorista que atropelou cinco pessoas na Augusta paga fiança e deixa prisão

O motorista Paulo Cesar Negri, de 23 anos, que atropelou cinco pessoas na Rua Augusta, na manhã deste sábado (29), deixou a prisão após pagar uma fiança de R$ 5 mil.
Ele estava detido no 78º DP, nos Jardins, e deixou a delegacia por volta das 18h. O motorista foi indiciado por lesão corporal culposa (sem intenção) e por dirigir embriagado. Ele saiu do local sem falar com a imprensa.
Imagens de câmera de segurança gravaram o momento do atropelamento. O vídeo mostra um Peugeot preto subindo a Rua Augusta em alta velocidade, derrapando e subindo sobre a calçada. O acidente aconteceu na altura da Rua Matias Aires, em frente a uma concessionária. Na sequência, o carro atropela as vítimas e derruba um poste de sinalização. As imagens mostram um clarão após a batida.
Das cinco pessoas feridas, uma foi liberada. Duas pessoas ficaram gravemente feridas e foram levadas para o Hospital das Clínicas, outras duas foram socorridos ao Pronto Socorro João 23.
A vítima Gabriel Leite Souza está em estado grave e corre o risco de perder braço. “Estava comemorando a colação de grau e saiu com amigos para comemorar”, contou a mãe Vitalina de Lurdes Leite Souza.
Algumas testemunhas disseram à polícia que o carro estava em alta velocidade. No entanto, segundo a Polícia Civil, outras testemunhas contaram que rapaz foi realmente fechado por veículo.
Segundo o advogado Noel Ricardo Darves, seu cliente voltava de uma balada com amigos e que o bafômetro constatou a embriaguez.
O defensor disse ainda que o rapaz foi fechado por outro carro e que, por isso, acabou atropelando as pessoas. “Ele perdeu o controle do carro e está em estado de choque. Ele falou que vinha em velocidade compatível com o local dos fatos.”
G1

O motorista Paulo Cesar Negri, de 23 anos, que atropelou cinco pessoas na Rua Augusta, na manhã deste sábado (29), deixou a prisão após pagar uma fiança de R$ 5 mil.
Ele estava detido no 78º DP, nos Jardins, e deixou a delegacia por volta das 18h. O motorista foi indiciado por lesão corporal culposa (sem intenção) e por dirigir embriagado. Ele saiu do local sem falar com a imprensa.
Imagens de câmera de segurança gravaram o momento do atropelamento. O vídeo mostra um Peugeot preto subindo a Rua Augusta em alta velocidade, derrapando e subindo sobre a calçada. O acidente aconteceu na altura da Rua Matias Aires, em frente a uma concessionária. Na sequência, o carro atropela as vítimas e derruba um poste de sinalização. As imagens mostram um clarão após a batida.
Das cinco pessoas feridas, uma foi liberada. Duas pessoas ficaram gravemente feridas e foram levadas para o Hospital das Clínicas, outras duas foram socorridos ao Pronto Socorro João 23.
A vítima Gabriel Leite Souza está em estado grave e corre o risco de perder braço. “Estava comemorando a colação de grau e saiu com amigos para comemorar”, contou a mãe Vitalina de Lurdes Leite Souza.
Algumas testemunhas disseram à polícia que o carro estava em alta velocidade. No entanto, segundo a Polícia Civil, outras testemunhas contaram que rapaz foi realmente fechado por veículo.
Segundo o advogado Noel Ricardo Darves, seu cliente voltava de uma balada com amigos e que o bafômetro constatou a embriaguez.
O defensor disse ainda que o rapaz foi fechado por outro carro e que, por isso, acabou atropelando as pessoas. “Ele perdeu o controle do carro e está em estado de choque. Ele falou que vinha em velocidade compatível com o local dos fatos.”
G1