Projetos da Paraíba são aprovados no Edital de Inovação para a Indústria

A Paraíba teve dois projetos aprovados em nível nacional no Edital de Inovação para a Indústria. A aprovação foi divulgada no Ciclo 2017.1 do edital, cujos resultados são divulgados de acordo com o calendário que é previamente definido o organizado por “ciclos”.
Para as duas empresas contempladas com os recursos previstos no edital, esta será a oportunidade de realizar importantes investimentos para a implantação de ações inovadoras que promovam a competitividade da indústria.
A premissa do edital diz que é fundamental inovar para a competitividade da indústria brasileira e por isso a iniciativa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) valoriza essa prática, financiando o desenvolvimento de novos produtos, processos e serviços inovadores.
No total, R$ 53,6 milhões em aportes serão disponibilizados por meio da parceria entre o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e o Serviço Social da Indústria.
Um dos projetos aprovados pelo Departamento Regional do SENAI na Paraíba será desenvolvido em parceria com aStartup Upplify do Brasil Consultoria em Tecnologia da Informação Ltda. O projeto intitulado “Internet das Coisas Aplicada ao Campo” receberá o apoio das equipes Instituto SENAI de Tecnologia em Automação Industrial, do Laboratório Aberto e do Centro de Inovação e Tecnologia Industrial – CITI.
A finalidade do projeto é desenvolver através do uso da internet das coisas, uma solução que integra Software e Hardware para aquisição e processamento de dados da pecuária. Com isso vai ser possível aumentar a produtividade, eficiência e consequentemente o lucro das propriedades rurais de pecuária de corte através de decisões apoiadas pela zootecnia de precisão aliada as técnicas de “business intelligence”, trazendo para o mercado local e nacional as mais modernas tecnologias em software e em sistemas embarcados.
O outro projeto aprovado será desenvolvido em parceria com a empresa RHPE Indústria de Artefatos de Borracha Eireli. Intitulado “PneuMacio® – O pneu que não fura”, o projeto contará com o apoio das equipes do Centro de Inovação e Tecnologia Industrial – CITI, Instituto SENAI de Tecnologia do Couro e Calçado e Laboratório Aberto. A proposta apresenta um desafio tecnológico que prevê a produção de um pneu ecologicamente correto, com alta durabilidade, resistente e que permite menor esforço físico do operador do carro de mão, além de ter um preço abaixo do líder do mercado de pneu comum (pneu com câmara de ar).
As empresas que tiverem interesse em participar do Edital de Inovação para a Indústria 2017, ainda podem submeter projetos. Basta que as ideias inovadoras sejam registradas no site www.editaldeinovacao.com.br até o dia 06 de novembro deste ano. Para saber mais informações e detalhes sobre o edital, empresários e profissionais podem entrar em contato pelo telefone (83) 3182.3703 ou 3182-3700.

A Paraíba teve dois projetos aprovados em nível nacional no Edital de Inovação para a Indústria. A aprovação foi divulgada no Ciclo 2017.1 do edital, cujos resultados são divulgados de acordo com o calendário que é previamente definido o organizado por “ciclos”.
Para as duas empresas contempladas com os recursos previstos no edital, esta será a oportunidade de realizar importantes investimentos para a implantação de ações inovadoras que promovam a competitividade da indústria.
A premissa do edital diz que é fundamental inovar para a competitividade da indústria brasileira e por isso a iniciativa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) valoriza essa prática, financiando o desenvolvimento de novos produtos, processos e serviços inovadores.
No total, R$ 53,6 milhões em aportes serão disponibilizados por meio da parceria entre o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e o Serviço Social da Indústria.
Um dos projetos aprovados pelo Departamento Regional do SENAI na Paraíba será desenvolvido em parceria com aStartup Upplify do Brasil Consultoria em Tecnologia da Informação Ltda. O projeto intitulado “Internet das Coisas Aplicada ao Campo” receberá o apoio das equipes Instituto SENAI de Tecnologia em Automação Industrial, do Laboratório Aberto e do Centro de Inovação e Tecnologia Industrial – CITI.
A finalidade do projeto é desenvolver através do uso da internet das coisas, uma solução que integra Software e Hardware para aquisição e processamento de dados da pecuária. Com isso vai ser possível aumentar a produtividade, eficiência e consequentemente o lucro das propriedades rurais de pecuária de corte através de decisões apoiadas pela zootecnia de precisão aliada as técnicas de “business intelligence”, trazendo para o mercado local e nacional as mais modernas tecnologias em software e em sistemas embarcados.
O outro projeto aprovado será desenvolvido em parceria com a empresa RHPE Indústria de Artefatos de Borracha Eireli. Intitulado “PneuMacio® – O pneu que não fura”, o projeto contará com o apoio das equipes do Centro de Inovação e Tecnologia Industrial – CITI, Instituto SENAI de Tecnologia do Couro e Calçado e Laboratório Aberto. A proposta apresenta um desafio tecnológico que prevê a produção de um pneu ecologicamente correto, com alta durabilidade, resistente e que permite menor esforço físico do operador do carro de mão, além de ter um preço abaixo do líder do mercado de pneu comum (pneu com câmara de ar).
As empresas que tiverem interesse em participar do Edital de Inovação para a Indústria 2017, ainda podem submeter projetos. Basta que as ideias inovadoras sejam registradas no site www.editaldeinovacao.com.br até o dia 06 de novembro deste ano. Para saber mais informações e detalhes sobre o edital, empresários e profissionais podem entrar em contato pelo telefone (83) 3182.3703 ou 3182-3700.