Neymar dispara contra direção do Barcelona: ‘Clube merece mais’

Após marcar dois gols na vitória por 6 a 2 contra o Tolouse, neste domingo, Neymar disparou contra os dirigentes do Barcelona: “Eles merecem muito mais do que isso”.
O atacante brasileiro foi transferido para o Paris Saint-Germain por um valor-recorde de 220 milhões de euros (R$ 821 milhões), menos de um ano após renovar seu contrato com o time catalão. Seus companheiros de time, como Messi e Piqué, até tentaram mantê-lo na equipe, mas sem sucesso.
Em apenas duas partidas pelo seu novo clube, o jogador de 25 anos já fez dois gols e deu três assistências, mostrando para o que veio. No entanto, após a sua última vitória, usou o tempo com a imprensa para falar sobre sua percepção da direção do Barcelona.
“Eu não tenho nada a dizer para a bancada do Barcelona”, disse. “Bom, na verdade eu tenho sim: estou muito desapontado com eles”, acrescentou o atleta.
“Eu passei quatro anos no clube, e fui muito feliz. Eu comecei feliz, fiquei feliz durante todos esses anos e fui embora feliz. Mas não com eles [diretoria]. Para mim, eles não deveriam ser os responsáveis pelo Barça, pois a equipe merece muito mais e todo mundo sabe disso”, explicou.
Ele ainda contou que seus antigos colegas de time estão infelizes e que torce muito para que o time da Catalunha volte aos seus tempos de glória.
“Ver meus colegas infelizes me deixa muito triste, pois tenho muitos amigos lá [Barcelona]. Espero que as coisas melhores para o Barça, que eles voltem a ser o time que eram, e voltem a competir com os outros”, terminou.
No início do mês, o lateral direito Daniel Alves, que já atuou na Catalunha e atualmente também se encontra no PSG, contou à imprensa que Neymar o aconselhou a jogar pelo time francês. Neste domingo, o atacante falou sobre o assunto.
“Olha, uma das coisas que eu disse é que, caso ele precisasse ir embora [da Juventus], ele teria que vir para cá [Paris], por conta da equipe que temos”, contou. “E acho que ele seguiu o meu conselho”, acrescentou o jogador.
MSN

Após marcar dois gols na vitória por 6 a 2 contra o Tolouse, neste domingo, Neymar disparou contra os dirigentes do Barcelona: “Eles merecem muito mais do que isso”.
O atacante brasileiro foi transferido para o Paris Saint-Germain por um valor-recorde de 220 milhões de euros (R$ 821 milhões), menos de um ano após renovar seu contrato com o time catalão. Seus companheiros de time, como Messi e Piqué, até tentaram mantê-lo na equipe, mas sem sucesso.
Em apenas duas partidas pelo seu novo clube, o jogador de 25 anos já fez dois gols e deu três assistências, mostrando para o que veio. No entanto, após a sua última vitória, usou o tempo com a imprensa para falar sobre sua percepção da direção do Barcelona.
“Eu não tenho nada a dizer para a bancada do Barcelona”, disse. “Bom, na verdade eu tenho sim: estou muito desapontado com eles”, acrescentou o atleta.
“Eu passei quatro anos no clube, e fui muito feliz. Eu comecei feliz, fiquei feliz durante todos esses anos e fui embora feliz. Mas não com eles [diretoria]. Para mim, eles não deveriam ser os responsáveis pelo Barça, pois a equipe merece muito mais e todo mundo sabe disso”, explicou.
Ele ainda contou que seus antigos colegas de time estão infelizes e que torce muito para que o time da Catalunha volte aos seus tempos de glória.
“Ver meus colegas infelizes me deixa muito triste, pois tenho muitos amigos lá [Barcelona]. Espero que as coisas melhores para o Barça, que eles voltem a ser o time que eram, e voltem a competir com os outros”, terminou.
No início do mês, o lateral direito Daniel Alves, que já atuou na Catalunha e atualmente também se encontra no PSG, contou à imprensa que Neymar o aconselhou a jogar pelo time francês. Neste domingo, o atacante falou sobre o assunto.
“Olha, uma das coisas que eu disse é que, caso ele precisasse ir embora [da Juventus], ele teria que vir para cá [Paris], por conta da equipe que temos”, contou. “E acho que ele seguiu o meu conselho”, acrescentou o jogador.
MSN