Soldado do Exército é preso acusado de vazar informações para traficantes no Rio

matheusAgentes da Delegacia de Combate às Drogas (Dcod) prenderam, na manhã desta segunda (21)., o soldado recruta do Exército Matheus Ferreira Lopes Aguiar, de 19 anos, do grupo de Artulharia e Campanha do Exército. Segundo a polícia, ele é suspeito de vazar informações das operações das tropas federais no Rio para traficantes.
Matheus teria vazado informações sobre as operações que foram realizadas no Lins, no mês passado, e em Niterói, na Região Metropolitana do Rio, no início de agosto. A prisão de Matheus foi decretada no sábado (19).
De acordo com a polícia, durante toda a madrugada os agentes monitoraram os rádios utilizados por bandidos da comunidade do Jacaré e que às 3h eles disseram: “Vamos dispersar”, evidenciando que a operação teria vazado para os traficantes. A polícia ainda investiga se o vazamento dessa madrugada também estaria relacionado ao soldado recruta preso nesta manhã. Também ainda não há informações se ele atuaria com as tropas militares nas operações realizadas no Rio.

As Forças Armadas e a polícias realizam operação em sete comunidades da Zona Norte do Rio de Janeiro, na manhã desta segunda-feira (21), para prender 14 traficantes, além de armas e drogas. Dez pessoas já tinham sido presas até as 7h30.

Há homens da Polícia Civil, Militar e Federal e das tropas federais nas favelas de Manguinhos, Bandeira Dois, Jacarezinho, Parque Arará, Mandela e Condomínio Morar Carioca e Alemão. Os presos estão sendo levados para a Cidade da Polícia, no Jacaré, na Zona Norte.
G1
matheusAgentes da Delegacia de Combate às Drogas (Dcod) prenderam, na manhã desta segunda (21)., o soldado recruta do Exército Matheus Ferreira Lopes Aguiar, de 19 anos, do grupo de Artulharia e Campanha do Exército. Segundo a polícia, ele é suspeito de vazar informações das operações das tropas federais no Rio para traficantes.
Matheus teria vazado informações sobre as operações que foram realizadas no Lins, no mês passado, e em Niterói, na Região Metropolitana do Rio, no início de agosto. A prisão de Matheus foi decretada no sábado (19).
De acordo com a polícia, durante toda a madrugada os agentes monitoraram os rádios utilizados por bandidos da comunidade do Jacaré e que às 3h eles disseram: “Vamos dispersar”, evidenciando que a operação teria vazado para os traficantes. A polícia ainda investiga se o vazamento dessa madrugada também estaria relacionado ao soldado recruta preso nesta manhã. Também ainda não há informações se ele atuaria com as tropas militares nas operações realizadas no Rio.

As Forças Armadas e a polícias realizam operação em sete comunidades da Zona Norte do Rio de Janeiro, na manhã desta segunda-feira (21), para prender 14 traficantes, além de armas e drogas. Dez pessoas já tinham sido presas até as 7h30.

Há homens da Polícia Civil, Militar e Federal e das tropas federais nas favelas de Manguinhos, Bandeira Dois, Jacarezinho, Parque Arará, Mandela e Condomínio Morar Carioca e Alemão. Os presos estão sendo levados para a Cidade da Polícia, no Jacaré, na Zona Norte.
G1