Dirigente sindical da CTB critica conotação política em realação ao fim do racionamento em Campina Grande

O dirigente sindical da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) e presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Comércio de Campina Grande e Região, José do Nascimento Coelho, critica a conotação política que muitos estão dando com relação ao fim do racionamento da água nos municípios abastecidos pelo manancial Epitácio Pessoa, em Boqueirão.
O sindicalista entende que a juíza de direito Ana Carmem Pereira de Jordão, que deu provimento ao pedido da ação civil pública ingressada pela Defensoria Pública de Campina Grande, não têm conhecimento técnico para impedir a suspensão do racionamento.
De acordo ainda com o sindicalista, é necessário observar que o racionamento tem acarretado enormes prejuízos à classe menos favorecida, que fica prejudicada em todos os sentidos, especialmente no que diz respeito ao seu sustento.
Ao todo, incluindo Campina Grande, são 19 municípios abastecidos pelo Açude Epitácio Pessoa. “A CTB e o Sindicomerciários estão solidários com o Governo da Paraíba, tendo em vista que esta medida foi tomada com base em dados técnicos de especialistas da área de recursos hídricos”, afirmou Coelho.

O dirigente sindical da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) e presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Comércio de Campina Grande e Região, José do Nascimento Coelho, critica a conotação política que muitos estão dando com relação ao fim do racionamento da água nos municípios abastecidos pelo manancial Epitácio Pessoa, em Boqueirão.
O sindicalista entende que a juíza de direito Ana Carmem Pereira de Jordão, que deu provimento ao pedido da ação civil pública ingressada pela Defensoria Pública de Campina Grande, não têm conhecimento técnico para impedir a suspensão do racionamento.
De acordo ainda com o sindicalista, é necessário observar que o racionamento tem acarretado enormes prejuízos à classe menos favorecida, que fica prejudicada em todos os sentidos, especialmente no que diz respeito ao seu sustento.
Ao todo, incluindo Campina Grande, são 19 municípios abastecidos pelo Açude Epitácio Pessoa. “A CTB e o Sindicomerciários estão solidários com o Governo da Paraíba, tendo em vista que esta medida foi tomada com base em dados técnicos de especialistas da área de recursos hídricos”, afirmou Coelho.