Cinco pessoas são mortas em tiroteio em bar no Rio Grande do Sul

um tiroteio dentro de um bar deixou homens mortos na madrugada deste sábado (26) no bairro Mario Quintana, na Zona Norte de Porto Alegre. Conforme a Brigada Militar, o crime ocorreu na Estrada Antônio Severino.
Ainda não há detalhes sobre o crime. Segundo a Polícia Civil, as cinco homens morreram no local. Um sexto homem também foi baleado e levado para o hospital. Conforme a polícia, o estado de saúde dele é grave.
Testemunhas relataram à polícia que entre oito a dez homens entraram no bar. “Eles chegaram no bar, mandaram todos erguerem as mãos, alguns foram revistados. E dispararam naqueles que eles mandaram deitar no chão”, explica o delegado Daniel Mendelski. As vítimas foram atingidas por “múltiplos disparos” segundo o policial.
Foram efetuados disparos de pistola e de uma espingarda calibre 12. O delegado observou que o crime seria uma vingança de uma facçaõ contra um grupo rival. Além disso, observou que os criminosos foram levados até o bar por um homem que acabou sendo morto depois. Dos cinco mortos, dois não tinham ligação com a facção, além do ferido no hospital.
Conforme o delegado, o local é um dos mais violentos da cidade.
G1

um tiroteio dentro de um bar deixou homens mortos na madrugada deste sábado (26) no bairro Mario Quintana, na Zona Norte de Porto Alegre. Conforme a Brigada Militar, o crime ocorreu na Estrada Antônio Severino.
Ainda não há detalhes sobre o crime. Segundo a Polícia Civil, as cinco homens morreram no local. Um sexto homem também foi baleado e levado para o hospital. Conforme a polícia, o estado de saúde dele é grave.
Testemunhas relataram à polícia que entre oito a dez homens entraram no bar. “Eles chegaram no bar, mandaram todos erguerem as mãos, alguns foram revistados. E dispararam naqueles que eles mandaram deitar no chão”, explica o delegado Daniel Mendelski. As vítimas foram atingidas por “múltiplos disparos” segundo o policial.
Foram efetuados disparos de pistola e de uma espingarda calibre 12. O delegado observou que o crime seria uma vingança de uma facçaõ contra um grupo rival. Além disso, observou que os criminosos foram levados até o bar por um homem que acabou sendo morto depois. Dos cinco mortos, dois não tinham ligação com a facção, além do ferido no hospital.
Conforme o delegado, o local é um dos mais violentos da cidade.
G1