Secretário da juventude CTB/PB destaca importância de seminário internacional

O secretário da juventude da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB/PB), Pedro Medeiros, destacou a importância do seminário internacional “A crise econômica global e o mundo do trabalho”, realizado na última quinta-feira, 24, em Salvador/BA, com a as presenças do diplomata e ex-ministro Celso Amorim, o líder sindical sul-africano Mzwandile Makwayiba, presidente da Federação Sindical Mundial (FSM), o presidente da CGTP de Portugal, Augusto Praça, e o brasileiro, diretor da Fundação Maurício Grabois e assessor da CTB,  Sérgio Barroso, além de várias delegações internacionais.
Para Pedro Medeiros, que também é diretor do Sindicato dos Trabalhadores no Comércio e Campina Grande/PB e Região, o seminário se revestiu da mais alta importância, uma vez que foi amplamente debatida a situação da crise mundial, com foco para o Brasil, onde os trabalhadores e trabalhadoras foram brutalmente prejudicados com a reforma trabalhista do presidente Michel Temer
“Esta reforma trouxe prejuízos significativos para os trabalhadores, com a subtração de seus direitos conquistados a duras penas e ao longo de décadas. Estes não podem ser prejudicados pagando uma conta que não devem”, ressaltou o dirigente sindical da juventude.
O desmonte de direitos trabalhistas e sociais é, hoje, conforme Pedro Medeiros, a principal preocupação da Secretaria da Juventude da CTB. “Continuaremos debatendo esta crise, mobilizando a juventude, para que de fato, os trabalhadores tenham a consciência do que está  acontecendo no pais”, concluiu.
Texto: Ascom Sindicomerciários

O secretário da juventude da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB/PB), Pedro Medeiros, destacou a importância do seminário internacional “A crise econômica global e o mundo do trabalho”, realizado na última quinta-feira, 24, em Salvador/BA, com a as presenças do diplomata e ex-ministro Celso Amorim, o líder sindical sul-africano Mzwandile Makwayiba, presidente da Federação Sindical Mundial (FSM), o presidente da CGTP de Portugal, Augusto Praça, e o brasileiro, diretor da Fundação Maurício Grabois e assessor da CTB,  Sérgio Barroso, além de várias delegações internacionais.
Para Pedro Medeiros, que também é diretor do Sindicato dos Trabalhadores no Comércio e Campina Grande/PB e Região, o seminário se revestiu da mais alta importância, uma vez que foi amplamente debatida a situação da crise mundial, com foco para o Brasil, onde os trabalhadores e trabalhadoras foram brutalmente prejudicados com a reforma trabalhista do presidente Michel Temer
“Esta reforma trouxe prejuízos significativos para os trabalhadores, com a subtração de seus direitos conquistados a duras penas e ao longo de décadas. Estes não podem ser prejudicados pagando uma conta que não devem”, ressaltou o dirigente sindical da juventude.
O desmonte de direitos trabalhistas e sociais é, hoje, conforme Pedro Medeiros, a principal preocupação da Secretaria da Juventude da CTB. “Continuaremos debatendo esta crise, mobilizando a juventude, para que de fato, os trabalhadores tenham a consciência do que está  acontecendo no pais”, concluiu.
Texto: Ascom Sindicomerciários