Autoridades prestam homenagens a Dom José Maria Pires

Autoridades emitiram notas de pesar pela morte do Arcebispo Emérito da Paraíba, Dom José Maria Pires, que morreu na noite deste domingo (27), aos 98 anos, vítima de complicações de uma pneumonia. O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, a Assembleia Legislativa, o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, e a Câmara Municipal de João Pessoa manifestaram-se sobre a morte do religioso, que estava internado em um hospital em Belo Horizonte (MG).
Através de sua conta no Twitter, o governador Ricardo Coutinho postou uma série de mensagens com fotos de Dom José. Em uma das postagens, Ricardo afirmou estar muito triste com a partida de Dom José Maria Pires. “Nosso Dom Pelé”, postou.
Por meio de uma nota de pesar, o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, manifestou seu mais profundo pesar pela morte de Dom José Maria Pires.
“Ao mesmo tempo em que lamenta a morte, o prefeito Luciano Cartaxo registra sua homenagem a Dom José, o arcebispo que fez da Arquidiocese da Paraíba uma Igreja viva não apenas na fé, mas no comprometimento com os mais pobres, no combate às injustiças e na luta pela paz, dimensões expressivas da Teologia da Libertação, movimento marcante e que ajudou a mudar os rumos da história da Igreja Católica da América Latina”, escreveu.
Também via nota, a Assembleia Legislativa da Paraíba lamentou a morte do religioso e prestou condolências aos familiares e amigos.
“Perdemos um homem de luz, que lutou pela justiça e igualdade social com bravura e coragem. Seu legado ficará marcado para sempre em nossa memória.”, lamentou o presidente Gervásio Maia.
A Mesa Diretora da Câmara Municipal de João Pessoa também emitiu uma nota de pesar. Ela lamentou a morte do religioso, o qual foi descrito como “um homem de fé que ensinou sobre o quanto a tolerância religiosa é importante em um mundo tão dividido”.
A Câmara Municipal de Campina Grande descreveu dom José como um exemplo de conduta na luta pelos ideais de justiça e relembrou de sua trajetória enquanto Arcebispo da Paraíba.
Portalcorreio
Autoridades emitiram notas de pesar pela morte do Arcebispo Emérito da Paraíba, Dom José Maria Pires, que morreu na noite deste domingo (27), aos 98 anos, vítima de complicações de uma pneumonia. O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, a Assembleia Legislativa, o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, e a Câmara Municipal de João Pessoa manifestaram-se sobre a morte do religioso, que estava internado em um hospital em Belo Horizonte (MG).
Através de sua conta no Twitter, o governador Ricardo Coutinho postou uma série de mensagens com fotos de Dom José. Em uma das postagens, Ricardo afirmou estar muito triste com a partida de Dom José Maria Pires. “Nosso Dom Pelé”, postou.
Por meio de uma nota de pesar, o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, manifestou seu mais profundo pesar pela morte de Dom José Maria Pires.
“Ao mesmo tempo em que lamenta a morte, o prefeito Luciano Cartaxo registra sua homenagem a Dom José, o arcebispo que fez da Arquidiocese da Paraíba uma Igreja viva não apenas na fé, mas no comprometimento com os mais pobres, no combate às injustiças e na luta pela paz, dimensões expressivas da Teologia da Libertação, movimento marcante e que ajudou a mudar os rumos da história da Igreja Católica da América Latina”, escreveu.
Também via nota, a Assembleia Legislativa da Paraíba lamentou a morte do religioso e prestou condolências aos familiares e amigos.
“Perdemos um homem de luz, que lutou pela justiça e igualdade social com bravura e coragem. Seu legado ficará marcado para sempre em nossa memória.”, lamentou o presidente Gervásio Maia.
A Mesa Diretora da Câmara Municipal de João Pessoa também emitiu uma nota de pesar. Ela lamentou a morte do religioso, o qual foi descrito como “um homem de fé que ensinou sobre o quanto a tolerância religiosa é importante em um mundo tão dividido”.
A Câmara Municipal de Campina Grande descreveu dom José como um exemplo de conduta na luta pelos ideais de justiça e relembrou de sua trajetória enquanto Arcebispo da Paraíba.
Portalcorreio