Polícia investiga suposto envenenamento de professora na Zona da Mata de PE

A Polícia Civil abriu um inquérito nesta quinta-feira (31) para investigar o suposto envenenamento de uma professora de uma escola particular localizada em Nazaré da Mata, na Zona da Mata Norte de Pernambuco. A vítima foi internada após consumir água contaminada com uma substância inicialmente apontada como chumbinho. Testemunhas relataram que o suspeito é uma criança de dez anos que estuda no local.
A professora passou mal ao consumir a água, segundo o relato de testemunhas à polícia, e foi encaminhada ao Hospital Ermírio Coutinho, no Centro do município. Procurada pelo G1, a unidade de saúde informou que a paciente recebeu alta médica às 17h40 desta quinta.
Ainda segundo a polícia, a delegacia do município tomou conhecimento do caso às 17h desta quinta e compareceu, em seguida, à instituição de ensino. No local, a água consumida pela professora foi recolhida para perícia. Segundo informações coletadas na escola, há suspeitas de que o líquido tenha sido envenenado com chumbinho.
O estudante apontado por testemunhas como suspeito de envenenar a professora e os responsáveis por ele serão chamados para prestar depoimento na Delegacia de Nazaré da Mata. O delegado Rommel Ricardo, titular da unidade, está à frente das investigações.
G1

A Polícia Civil abriu um inquérito nesta quinta-feira (31) para investigar o suposto envenenamento de uma professora de uma escola particular localizada em Nazaré da Mata, na Zona da Mata Norte de Pernambuco. A vítima foi internada após consumir água contaminada com uma substância inicialmente apontada como chumbinho. Testemunhas relataram que o suspeito é uma criança de dez anos que estuda no local.
A professora passou mal ao consumir a água, segundo o relato de testemunhas à polícia, e foi encaminhada ao Hospital Ermírio Coutinho, no Centro do município. Procurada pelo G1, a unidade de saúde informou que a paciente recebeu alta médica às 17h40 desta quinta.
Ainda segundo a polícia, a delegacia do município tomou conhecimento do caso às 17h desta quinta e compareceu, em seguida, à instituição de ensino. No local, a água consumida pela professora foi recolhida para perícia. Segundo informações coletadas na escola, há suspeitas de que o líquido tenha sido envenenado com chumbinho.
O estudante apontado por testemunhas como suspeito de envenenar a professora e os responsáveis por ele serão chamados para prestar depoimento na Delegacia de Nazaré da Mata. O delegado Rommel Ricardo, titular da unidade, está à frente das investigações.
G1