Esposa traída agride adolescente até a morte

Uma estudante de 17 anos morreu após ser agredida em um posto de gasolina no Jardim Mangalot, na zona norte de São Paulo, por volta das 3h desta sexta-feira (8). Segundo testemunhas relataram à polícia, a adolescente foi espancada por cinco mulheres ao mesmo tempo.
O crime teria ocorrido após uma das mulheres envolvidas na agressão descobrir que estaria sendo traída pelo marido com a vítima. Duas das cinco agressoras já foram identificadas, mas ainda não se apresentaram ao 33° Distrito Policial (Pirituba), que investiga o caso.
Após as agressões, a vítima foi socorrida por testemunhas e encaminhada para atendimento no Hospital de Pirituba, mas não resistiu aos ferimentos. O crime foi na imediações da rua Coronel Justino Freire. A perícia no local foi requisitada pela polícia.
BOL

Uma estudante de 17 anos morreu após ser agredida em um posto de gasolina no Jardim Mangalot, na zona norte de São Paulo, por volta das 3h desta sexta-feira (8). Segundo testemunhas relataram à polícia, a adolescente foi espancada por cinco mulheres ao mesmo tempo.
O crime teria ocorrido após uma das mulheres envolvidas na agressão descobrir que estaria sendo traída pelo marido com a vítima. Duas das cinco agressoras já foram identificadas, mas ainda não se apresentaram ao 33° Distrito Policial (Pirituba), que investiga o caso.
Após as agressões, a vítima foi socorrida por testemunhas e encaminhada para atendimento no Hospital de Pirituba, mas não resistiu aos ferimentos. O crime foi na imediações da rua Coronel Justino Freire. A perícia no local foi requisitada pela polícia.
BOL