Bando faz caminhoneiro refém e rouba carga de leite em pó avaliada em R$ 300 mil

Uma carga de leite em pó avaliada em R$ 300 mil foi roubada em trecho de rodovia estadual no município de Pocinhos, Agreste paraibano, a 134 km de João Pessoa. O caso aconteceu na noite da terça-feira (3), mas só foi divulgado pela polícia na manhã desta quinta (5).
Segundo registro da Polícia Militar, o motorista teria sido abordado por dois veículos na cidade de Alcantil. Ele relatou que os ocupantes dos carros chegaram a atirar para forçá-lo a parar o caminhão. A vítima contou ainda que foi feita refém e obrigada a seguir viagem com a presença de criminosos dentro do caminhão.
Eles passaram pelo posto fiscal e a nota foi carimbada. Os bandidos teriam seguido o trajeto e parado em uma área desconhecida pela vítima. Esta área, segundo a PM, fica numa rodovia estadual, distante 2 km da entrada de Pocinhos e da BR-230. Quase toda a carga de leite em pó foi levada pelos assaltantes. Eles deixaram apenas algumas caixas, entre elas a que continha o chip de monitoramento da carga. Isso leva a polícia a crer que os bandidos tinham conhecimento aprofundado do alvo.
O caminhão, que tem placas da cidade de Uberlândia-MG, foi abandonado no local, juntamente com o motorista. A Polícia Civil foi acionada para investigar a autoria do crime.

Uma carga de leite em pó avaliada em R$ 300 mil foi roubada em trecho de rodovia estadual no município de Pocinhos, Agreste paraibano, a 134 km de João Pessoa. O caso aconteceu na noite da terça-feira (3), mas só foi divulgado pela polícia na manhã desta quinta (5).
Segundo registro da Polícia Militar, o motorista teria sido abordado por dois veículos na cidade de Alcantil. Ele relatou que os ocupantes dos carros chegaram a atirar para forçá-lo a parar o caminhão. A vítima contou ainda que foi feita refém e obrigada a seguir viagem com a presença de criminosos dentro do caminhão.
Eles passaram pelo posto fiscal e a nota foi carimbada. Os bandidos teriam seguido o trajeto e parado em uma área desconhecida pela vítima. Esta área, segundo a PM, fica numa rodovia estadual, distante 2 km da entrada de Pocinhos e da BR-230. Quase toda a carga de leite em pó foi levada pelos assaltantes. Eles deixaram apenas algumas caixas, entre elas a que continha o chip de monitoramento da carga. Isso leva a polícia a crer que os bandidos tinham conhecimento aprofundado do alvo.
O caminhão, que tem placas da cidade de Uberlândia-MG, foi abandonado no local, juntamente com o motorista. A Polícia Civil foi acionada para investigar a autoria do crime.