Mulher esfaqueia quatro pessoas e invade hospital para tentar matar marido

facadaEva Santos Reis, de 26 anos, foi presa após tentar matar a facadas quatro pessoas na cidade de Xambioá, na noite desta quinta-feira (12). Uma das vítimas é o companheiro dela. Após deixá-lo ferido, a jovem foi ao hospital onde estava internado e o esfaqueou novamente.
De acordo com o delegado Fernando Rizério, responsável pelo caso, tudo começou quando a suspeita viu o companheiro conversando com a ex em uma festa.
As duas mulheres começaram a brigar e Eva foi agredida pelo companheiro que tentava separá-las, mas a ex acabou sendo atingida com uma facada no braço.
Em seguida os dois saíram em uma motocicleta e Eva esfaqueou o companheiro enquanto ainda estavam no veículo. Nesse momento, ele pediu socorro a um casal que encontrou no caminho.
O casal tentou impedir a mulher de agredir o companheiro e os dois também foram esfaqueados. As vítimas foram levadas para um hospital de Xambioá. Eva ainda entrou no hospital e esfaqueou novamente o companheiro. Ele foi transferido em estado grave para o Hospital Regional de Araguaína.
Eva foi detida e espera na delegacia por uma vaga no presídio.
G1

facadaEva Santos Reis, de 26 anos, foi presa após tentar matar a facadas quatro pessoas na cidade de Xambioá, na noite desta quinta-feira (12). Uma das vítimas é o companheiro dela. Após deixá-lo ferido, a jovem foi ao hospital onde estava internado e o esfaqueou novamente.
De acordo com o delegado Fernando Rizério, responsável pelo caso, tudo começou quando a suspeita viu o companheiro conversando com a ex em uma festa.
As duas mulheres começaram a brigar e Eva foi agredida pelo companheiro que tentava separá-las, mas a ex acabou sendo atingida com uma facada no braço.
Em seguida os dois saíram em uma motocicleta e Eva esfaqueou o companheiro enquanto ainda estavam no veículo. Nesse momento, ele pediu socorro a um casal que encontrou no caminho.
O casal tentou impedir a mulher de agredir o companheiro e os dois também foram esfaqueados. As vítimas foram levadas para um hospital de Xambioá. Eva ainda entrou no hospital e esfaqueou novamente o companheiro. Ele foi transferido em estado grave para o Hospital Regional de Araguaína.
Eva foi detida e espera na delegacia por uma vaga no presídio.
G1