Gervásio destaca importância do debate para construção da Loa 2018

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), deputado Gervásio Maia, defendeu nesta terça-feira (25), o debate entre os poderes e instituições estaduais para definir os detalhes da Lei Orçamentária Anual 2018. A Audiência Pública para discutir a LDO será realizada na manhã da próxima quinta-feira, a partir das 9h, no Plenário José Mariz, através da Comissão de Acompanhamento e Controle da Execução Orçamentária.

De acordo com Gervásio Maia, o orçamento para o próximo ano prevê uma nova redução e é preciso que cada segmento faça a sua parte, tentando ajustar as prioridades com a realidade vivida no país.

“Nós aqui da Assembleia temos adotado diversas medidas para que possamos cumprir rigorosamente os compromissos da casa e é importante que os demais poderes também possam se adequar ao atual cenário econômico. Esperamos que essa crise tenha logo fim para que o país possa retomar os investimentos de uma forma geral”, acrescentou.

O presidente da Comissão de Execução Orçamentária, deputado Edmilson Soares, comunicou que os convites foram encaminhados a todos os segmentos interessados para que as discussões possam ajudar na construção do parecer final, antes da LDO ser definitivamente encaminhada para votação.

“Nós tivemos o cuidado de conversar com as lideranças de oposição e situação para que todos estejam presentes a nossa audiência publica, junto com os representantes dos poderes e segmentos envolvidos na questão. Nossa missão é garantir que todos terão a oportunidade de expor as suas idéias e necessidades”, complementou o parlamentar.

Temer é o presidente mais impopular do mundo, diz pesquisa
O brasileiro Michel Temer é considerado o presidente com maior taxa de rejeição do mundo, atrás até do venezuelano Nicolás Maduro, indicou uma pesquisa do grupo de análise política Eurasia. De acordo com a sondagem, que coletou dados a partir do mês de agosto, Temer detém 3% de aprovação popular, a menor em todo o mundo.
O presidente da África do Sul, Jacob Zuma, que enfrenta denúncias de corrupção, tem 18%. Já o venezuelano Nicolás Maduro, que trava um confronto político interno com a oposição e cujo país fora sancionado em fóruns internacionais devido à censura e prisão de seus adversários, tem 23% de apoio popular.
A lista dos líderes “mais impopulares” conta ainda com o mexicano Enrique Penã Nieto, com 28% de aprovação; a premier britânica, Theresa May, que possui 31% e conduz o polêmico processo de saída do Reino Unido da União Europeia (UE); o norte-americano Donald Trump, com 37%; e o francês Emmanuel Macron, com 45%, que, apesar de recém-eleito, tem gerado reações internas por seus projetos de reformas.
Ontem, Temer se livrou de sua segunda denúncia em três meses. A Câmara dos Deputados negou o prosseguimento da denúncia de obstrução de justiça e participação em organização criminosa, por 251 votos a favor e 233 contrários. Com informações da ANSA.
MSN

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), deputado Gervásio Maia, defendeu nesta terça-feira (25), o debate entre os poderes e instituições estaduais para definir os detalhes da Lei Orçamentária Anual 2018. A Audiência Pública para discutir a LDO será realizada na manhã da próxima quinta-feira, a partir das 9h, no Plenário José Mariz, através da Comissão de Acompanhamento e Controle da Execução Orçamentária.

De acordo com Gervásio Maia, o orçamento para o próximo ano prevê uma nova redução e é preciso que cada segmento faça a sua parte, tentando ajustar as prioridades com a realidade vivida no país.

“Nós aqui da Assembleia temos adotado diversas medidas para que possamos cumprir rigorosamente os compromissos da casa e é importante que os demais poderes também possam se adequar ao atual cenário econômico. Esperamos que essa crise tenha logo fim para que o país possa retomar os investimentos de uma forma geral”, acrescentou.

O presidente da Comissão de Execução Orçamentária, deputado Edmilson Soares, comunicou que os convites foram encaminhados a todos os segmentos interessados para que as discussões possam ajudar na construção do parecer final, antes da LDO ser definitivamente encaminhada para votação.

“Nós tivemos o cuidado de conversar com as lideranças de oposição e situação para que todos estejam presentes a nossa audiência publica, junto com os representantes dos poderes e segmentos envolvidos na questão. Nossa missão é garantir que todos terão a oportunidade de expor as suas idéias e necessidades”, complementou o parlamentar.

Temer é o presidente mais impopular do mundo, diz pesquisa
O brasileiro Michel Temer é considerado o presidente com maior taxa de rejeição do mundo, atrás até do venezuelano Nicolás Maduro, indicou uma pesquisa do grupo de análise política Eurasia. De acordo com a sondagem, que coletou dados a partir do mês de agosto, Temer detém 3% de aprovação popular, a menor em todo o mundo.
O presidente da África do Sul, Jacob Zuma, que enfrenta denúncias de corrupção, tem 18%. Já o venezuelano Nicolás Maduro, que trava um confronto político interno com a oposição e cujo país fora sancionado em fóruns internacionais devido à censura e prisão de seus adversários, tem 23% de apoio popular.
A lista dos líderes “mais impopulares” conta ainda com o mexicano Enrique Penã Nieto, com 28% de aprovação; a premier britânica, Theresa May, que possui 31% e conduz o polêmico processo de saída do Reino Unido da União Europeia (UE); o norte-americano Donald Trump, com 37%; e o francês Emmanuel Macron, com 45%, que, apesar de recém-eleito, tem gerado reações internas por seus projetos de reformas.
Ontem, Temer se livrou de sua segunda denúncia em três meses. A Câmara dos Deputados negou o prosseguimento da denúncia de obstrução de justiça e participação em organização criminosa, por 251 votos a favor e 233 contrários. Com informações da ANSA.
MSN