Nova coluna da FIEP

cf2DIRETO DA CNI

O indicador do número de empregados na indústria alcançou 49 pontos em setembro, valor próximo aos 49,1 pontos registrados em agosto, informa a Sondagem Industrial, divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) nessa quinta-feira (26). O indicador varia de zero a cem pontos e quando está abaixo dos 50 pontos mostra queda no emprego. Como está próximo da linha divisória, o índice indica que o fim das demissões está se consolidando, avalia a CNI. A pesquisa mostra ainda que, depois da forte alta de agosto, a produção diminuiu em setembro. O indicador de produção ficou em 48,1 pontos no mês passado.
Embora ainda esteja abaixo da linha divisória dos 50 pontos, o índice é superior aos 45,8 pontos registrados no mesmo mês do ano passado. “Ou seja, a redução da produção na passagem de agosto para setembro foi menos intensa em 2017 que no mesmo período de anos anteriores”, diz a Sondagem. Embora os resultados de setembro indiquem que a indústria está em recuperação, a utilização média da capacidade instalada ficou em 66% em setembro, um ponto percentual abaixo do registrado em agosto. Os estoques também estão pouco acima do planejado pelos empresários. O índice de estoque efetivo em relação ao planejado aumentou 0,7 pontos em relação a agosto e alcançaram os 50,7 pontos. O indicador varia de zero a cem pontos. Quando está acima dos 50 pontos, mostra estoques além do planejado.

cf1

Presidente da FIEP, Francisco Gadelha e toda a Equipe do SENAI/PB, envolvida no evento, participaram da Cerimônia de Encerramento

OLIMPÍADA DO CONHECIMENTO

Entre os dias 23 e 27 de outubro ocorreu a Etapa Estadual da Olimpíada do Conhecimento. Paralelamente ocorreram competições do Inova SENAI Paraíba, Desafio SENAI de Projetos Integradores e o Grand Prix SENAI de Inovação. A Etapa Estadual da Olimpíada do Conhecimento somada aos demais eventos envolveu mais de cem alunos do SENAI/PB e todo o corpo docente e técnico da Instituição. Durante a abertura a diretora regional do SENAI/PB, Marinalda Adjuto, destacou a importância da competição para os alunos que têm a oportunidade de aprofundar conhecimentos e técnicas na área profissional que eles escolheram. Além disso, eles recebem uma preparação diferenciada que tornam estes jovens “mão de obra” de excelência para o mercado de trabalho.
Na solenidade de encerramento foram conhecidos os cincos primeiros lugares das modalidades de soldagem, eletricidade predial, polimecânica, aplicação de revestimento cerâmico e confeitaria, que foram: Heslly Morais Bezerra Silva, Thiago Sousa Teixeira, Wlisses Vicente Santos, Chistrian Gomes de Souza e Sthefany de Fátima Costa Brito, respectivamente. O Presidente da FIEP, Francisco Gadelha, falou da importância de eventos que incentivam a produção e melhoria dos serviços oferecidos pelo SENAI, congratulou todos os participantes, reconhecendo a importância dos professores e salientou os investimentos que a Instituição faz para que se tenham profissionais cada vez mais preparados e aptos para o mercado de trabalho.

cf3

Debater assuntos relevantes para a Indústria e levar esclarecimento é uma das marcas do SESI

SESI/PB DEBATEU ESOCIAL COM EMPRESAS

Mais de 40 empresas e mais de 700 profissionais participaram dos Workshops promovidos pelo SESI/PB, para debater e esclarecer dúvidas sobre o eSocial. Os eventos focaram os Riscos e Oportunidades do eSocial, da EFD-REINF – Escrituração Fiscal Digital de Retenções e Outras Informações Fiscais e aconteceu entre os dias 16 e 27 de outubro. Dentro da programação os participantes puderam aprofundar seus conhecimentos e fazer um intercâmbio de experiências sobre outros temas tais como FAP – Fator Acidentário de Prevenção e NTEP – Nexo Técnico-Previdenciário.
Essa sensibilização promovida pelo SESI/PB é de fundamental importância, pois chama a atenção para o atendimento das novas obrigatoriedades legais, principalmente quanto as adequações necessárias que ocorrem a partir da implantação do eSocial. Os workshops aconteceram em Campina Grande, Patos, Sousa, Santa Rita e João Pessoa. O eSocial é uma plataforma desenvolvida pelo Governo Federal que visa unificar, em todo o país, o envio de informações pelo empregador, em relação aos trabalhadores que lhe prestam serviços remunerados. Para maiores informações os interessados podem entrar em contato por meio do telefone (83) 2101 5388.

TRÊS PONTOS
I – Os leilões do pré-sal ocorreram na sexta-feira (27) no Rio de Janeiro com mais de duas horas de atraso, após a Advocacia-Geral da União (AGU) conseguir derrubar a liminar do juiz Ricardo Sales, da 3ª Vara Federal Cível da Justiça Federal do Amazonas que impedia realização das licitações. A 2ª e 3ª Rodadas ofereceram oito blocos. Um total de 16 empresas estavam habilitadas, 14 estrangeiras e duas brasileiras. Após arrecadar R$ 3,8 bilhões com a 14ª rodada de licitações de blocos exploratórios, em setembro, o governo esperava obter mais R$ 7,75 bilhões para os cofres da União com os dois leilões de hoje. Mas o total arrecadado foi de R$ 6,15 bilhões: R$ 3,3 bilhões na 2ª Rodada e R$ 2,85 bilhões, na 3ª. (Valor Econômico)

II – O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central anunciou nesta quarta-feira (25) um corte de 0,75 ponto percentual na taxa básica de juros da economia, que passou de 8,25% para 7,50% ao ano. Foi o nono corte consecutivo da Selic. A decisão foi por unanimidade e sem viés e já era esperada pelo mercado, de acordo com o último Boletim Focus. A redução da Selic foi mais amena do que a adotada nas últimas quatro reuniões da autoridade monetária, quando a taxa foi cortada em um ponto percentual. O Banco Central já havia sinalizado no comunicado da última reunião do Copom que poderia reduzir a intensidade do corte na Selic este mês. (Exame)

III – O governo do presidente Michel Temer não tem certeza de que conseguirá aprovar integralmente no Congresso o relatório sobre a reforma da Previdência elaborado por uma comissão especial de parlamentares, disse nesta sexta-feira o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco. O ministro, que apontou as alterações previdenciárias como fundamentais para o ajuste das contas públicas, disse ainda que o governo já retomou as negociações da reforma da Previdência logo após a rejeição pela Câmara dos Deputados da segunda denúncia criminal contra Temer. (Reuters)

 

cf2DIRETO DA CNI

O indicador do número de empregados na indústria alcançou 49 pontos em setembro, valor próximo aos 49,1 pontos registrados em agosto, informa a Sondagem Industrial, divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) nessa quinta-feira (26). O indicador varia de zero a cem pontos e quando está abaixo dos 50 pontos mostra queda no emprego. Como está próximo da linha divisória, o índice indica que o fim das demissões está se consolidando, avalia a CNI. A pesquisa mostra ainda que, depois da forte alta de agosto, a produção diminuiu em setembro. O indicador de produção ficou em 48,1 pontos no mês passado.
Embora ainda esteja abaixo da linha divisória dos 50 pontos, o índice é superior aos 45,8 pontos registrados no mesmo mês do ano passado. “Ou seja, a redução da produção na passagem de agosto para setembro foi menos intensa em 2017 que no mesmo período de anos anteriores”, diz a Sondagem. Embora os resultados de setembro indiquem que a indústria está em recuperação, a utilização média da capacidade instalada ficou em 66% em setembro, um ponto percentual abaixo do registrado em agosto. Os estoques também estão pouco acima do planejado pelos empresários. O índice de estoque efetivo em relação ao planejado aumentou 0,7 pontos em relação a agosto e alcançaram os 50,7 pontos. O indicador varia de zero a cem pontos. Quando está acima dos 50 pontos, mostra estoques além do planejado.

cf1

Presidente da FIEP, Francisco Gadelha e toda a Equipe do SENAI/PB, envolvida no evento, participaram da Cerimônia de Encerramento

OLIMPÍADA DO CONHECIMENTO

Entre os dias 23 e 27 de outubro ocorreu a Etapa Estadual da Olimpíada do Conhecimento. Paralelamente ocorreram competições do Inova SENAI Paraíba, Desafio SENAI de Projetos Integradores e o Grand Prix SENAI de Inovação. A Etapa Estadual da Olimpíada do Conhecimento somada aos demais eventos envolveu mais de cem alunos do SENAI/PB e todo o corpo docente e técnico da Instituição. Durante a abertura a diretora regional do SENAI/PB, Marinalda Adjuto, destacou a importância da competição para os alunos que têm a oportunidade de aprofundar conhecimentos e técnicas na área profissional que eles escolheram. Além disso, eles recebem uma preparação diferenciada que tornam estes jovens “mão de obra” de excelência para o mercado de trabalho.
Na solenidade de encerramento foram conhecidos os cincos primeiros lugares das modalidades de soldagem, eletricidade predial, polimecânica, aplicação de revestimento cerâmico e confeitaria, que foram: Heslly Morais Bezerra Silva, Thiago Sousa Teixeira, Wlisses Vicente Santos, Chistrian Gomes de Souza e Sthefany de Fátima Costa Brito, respectivamente. O Presidente da FIEP, Francisco Gadelha, falou da importância de eventos que incentivam a produção e melhoria dos serviços oferecidos pelo SENAI, congratulou todos os participantes, reconhecendo a importância dos professores e salientou os investimentos que a Instituição faz para que se tenham profissionais cada vez mais preparados e aptos para o mercado de trabalho.

cf3

Debater assuntos relevantes para a Indústria e levar esclarecimento é uma das marcas do SESI

SESI/PB DEBATEU ESOCIAL COM EMPRESAS

Mais de 40 empresas e mais de 700 profissionais participaram dos Workshops promovidos pelo SESI/PB, para debater e esclarecer dúvidas sobre o eSocial. Os eventos focaram os Riscos e Oportunidades do eSocial, da EFD-REINF – Escrituração Fiscal Digital de Retenções e Outras Informações Fiscais e aconteceu entre os dias 16 e 27 de outubro. Dentro da programação os participantes puderam aprofundar seus conhecimentos e fazer um intercâmbio de experiências sobre outros temas tais como FAP – Fator Acidentário de Prevenção e NTEP – Nexo Técnico-Previdenciário.
Essa sensibilização promovida pelo SESI/PB é de fundamental importância, pois chama a atenção para o atendimento das novas obrigatoriedades legais, principalmente quanto as adequações necessárias que ocorrem a partir da implantação do eSocial. Os workshops aconteceram em Campina Grande, Patos, Sousa, Santa Rita e João Pessoa. O eSocial é uma plataforma desenvolvida pelo Governo Federal que visa unificar, em todo o país, o envio de informações pelo empregador, em relação aos trabalhadores que lhe prestam serviços remunerados. Para maiores informações os interessados podem entrar em contato por meio do telefone (83) 2101 5388.

TRÊS PONTOS
I – Os leilões do pré-sal ocorreram na sexta-feira (27) no Rio de Janeiro com mais de duas horas de atraso, após a Advocacia-Geral da União (AGU) conseguir derrubar a liminar do juiz Ricardo Sales, da 3ª Vara Federal Cível da Justiça Federal do Amazonas que impedia realização das licitações. A 2ª e 3ª Rodadas ofereceram oito blocos. Um total de 16 empresas estavam habilitadas, 14 estrangeiras e duas brasileiras. Após arrecadar R$ 3,8 bilhões com a 14ª rodada de licitações de blocos exploratórios, em setembro, o governo esperava obter mais R$ 7,75 bilhões para os cofres da União com os dois leilões de hoje. Mas o total arrecadado foi de R$ 6,15 bilhões: R$ 3,3 bilhões na 2ª Rodada e R$ 2,85 bilhões, na 3ª. (Valor Econômico)

II – O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central anunciou nesta quarta-feira (25) um corte de 0,75 ponto percentual na taxa básica de juros da economia, que passou de 8,25% para 7,50% ao ano. Foi o nono corte consecutivo da Selic. A decisão foi por unanimidade e sem viés e já era esperada pelo mercado, de acordo com o último Boletim Focus. A redução da Selic foi mais amena do que a adotada nas últimas quatro reuniões da autoridade monetária, quando a taxa foi cortada em um ponto percentual. O Banco Central já havia sinalizado no comunicado da última reunião do Copom que poderia reduzir a intensidade do corte na Selic este mês. (Exame)

III – O governo do presidente Michel Temer não tem certeza de que conseguirá aprovar integralmente no Congresso o relatório sobre a reforma da Previdência elaborado por uma comissão especial de parlamentares, disse nesta sexta-feira o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco. O ministro, que apontou as alterações previdenciárias como fundamentais para o ajuste das contas públicas, disse ainda que o governo já retomou as negociações da reforma da Previdência logo após a rejeição pela Câmara dos Deputados da segunda denúncia criminal contra Temer. (Reuters)