SESI Museu Digital de Campina Grande é inaugurado e já pode ser visitado

sesiDigialCampina Grande ganhou nesta terça-feira, dia 07/11, o SESI Museu Digital. O espaço está localizado as margens do Açude Velho, em Campina Grande, e é um dos mais importantes equipamentos tecnológicos e culturais que retratará a história da cidade.
Participaram da solenidade de inauguração, o presidente da Confederação Nacional da Indústria, Robson Braga de Andrade, o presidente do Conselho Nacional do SESI, João Henrique de Almeida Sousa, o presidente da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba – FIEP, Francisco de Assis Benevides Gadelha e o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, além de autoridades do município.
O evento foi apresentado pelo ator campinense, Lucas Velloso, e teve ainda a participação da “Orquestra Criança Cidadã, Meninos do Coque”, da cidade de Recife. A Orquestra é um Projeto Social gerido pela Associação Beneficente Criança Cidadã. Idealizado pelo Juiz de Direito João José Rocha Targino, o Projeto está em funcionamento desde 2006, no bairro do Coque, um dos mais violentos e de menor índice de desenvolvimento humano do Recife.
O Museu instalado no monumento do Sesquicentenário de Campina Grande é pioneiro no segmento na Paraíba, e reúne em um único espaço mecanismos de transmissão variados, utilizando diversas linguagens tecnológicas, recursos cenográficos e cinematográficos, iluminação cênica, cor, luz pontual, soluções gráficas, recursos multimídias e experiências sensoriais.
O presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, presente a solenidade, avaliou de forma positiva o empreendimento. “O que a Federação das Indústrias da Paraíba, por meio do SESI, fez aqui foi exatamente proporcionar a população de toda a Campina Grande e seus visitantes, a oportunidade de conhecerem uma escola rica em cultura, arte, educação, trabalho e de sucesso. Este museu é extremamente importante e vai contribuir muito para que crianças, jovens e as pessoas, em geral, que estão iniciando a sua vida escolar e ainda não conhecem a história da cidade, a terem acesso aos fatos históricos principais deste município. Isso aqui é, realmente, uma inovação do Sistema Indústria e, sinceramente acredito que é, trata-se do primeiro que se inaugura, mas, com certeza, servirá de modelo para uma série de outros que podem surgir em outros Estados brasileiros”, destacou Robson Braga de Andrade.
O Espaço alia tradição e modernidade, uma característica da identidade de Campina Grande. A história da cidade será contada a partir de textos históricos, depoimentos de personalidades que engrandeceram e engrandecem a Rainha da Borborema, com o auxilio da tecnologia que deverá tornar esta “viagem no tempo”, um caminho agradável e instigante.
A estrutura interna do Museu conta com uma sala com tela de projeção de 9 metros, Mapa Digital, Vídeowall, Karaokê, Espaço Selfie, Espaço para exposições itinerantes, Óculos com filme em Realidade Virtual, Jogos Interativos, entre outros mecanismos.
O SESI Museu Digital abiu suas portas a visitação popular a partir das 9h, desta quarta-feira.

sesiDigialCampina Grande ganhou nesta terça-feira, dia 07/11, o SESI Museu Digital. O espaço está localizado as margens do Açude Velho, em Campina Grande, e é um dos mais importantes equipamentos tecnológicos e culturais que retratará a história da cidade.
Participaram da solenidade de inauguração, o presidente da Confederação Nacional da Indústria, Robson Braga de Andrade, o presidente do Conselho Nacional do SESI, João Henrique de Almeida Sousa, o presidente da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba – FIEP, Francisco de Assis Benevides Gadelha e o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, além de autoridades do município.
O evento foi apresentado pelo ator campinense, Lucas Velloso, e teve ainda a participação da “Orquestra Criança Cidadã, Meninos do Coque”, da cidade de Recife. A Orquestra é um Projeto Social gerido pela Associação Beneficente Criança Cidadã. Idealizado pelo Juiz de Direito João José Rocha Targino, o Projeto está em funcionamento desde 2006, no bairro do Coque, um dos mais violentos e de menor índice de desenvolvimento humano do Recife.
O Museu instalado no monumento do Sesquicentenário de Campina Grande é pioneiro no segmento na Paraíba, e reúne em um único espaço mecanismos de transmissão variados, utilizando diversas linguagens tecnológicas, recursos cenográficos e cinematográficos, iluminação cênica, cor, luz pontual, soluções gráficas, recursos multimídias e experiências sensoriais.
O presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, presente a solenidade, avaliou de forma positiva o empreendimento. “O que a Federação das Indústrias da Paraíba, por meio do SESI, fez aqui foi exatamente proporcionar a população de toda a Campina Grande e seus visitantes, a oportunidade de conhecerem uma escola rica em cultura, arte, educação, trabalho e de sucesso. Este museu é extremamente importante e vai contribuir muito para que crianças, jovens e as pessoas, em geral, que estão iniciando a sua vida escolar e ainda não conhecem a história da cidade, a terem acesso aos fatos históricos principais deste município. Isso aqui é, realmente, uma inovação do Sistema Indústria e, sinceramente acredito que é, trata-se do primeiro que se inaugura, mas, com certeza, servirá de modelo para uma série de outros que podem surgir em outros Estados brasileiros”, destacou Robson Braga de Andrade.
O Espaço alia tradição e modernidade, uma característica da identidade de Campina Grande. A história da cidade será contada a partir de textos históricos, depoimentos de personalidades que engrandeceram e engrandecem a Rainha da Borborema, com o auxilio da tecnologia que deverá tornar esta “viagem no tempo”, um caminho agradável e instigante.
A estrutura interna do Museu conta com uma sala com tela de projeção de 9 metros, Mapa Digital, Vídeowall, Karaokê, Espaço Selfie, Espaço para exposições itinerantes, Óculos com filme em Realidade Virtual, Jogos Interativos, entre outros mecanismos.
O SESI Museu Digital abiu suas portas a visitação popular a partir das 9h, desta quarta-feira.