Menino de 8 anos sofre tiro na cabeça após achar arma durante brincadeira com primo

Uma suposta brincadeira entre dois primos, um adolescente de 15 anos e um menino de oito anos, terminou com o mais novo sendo ferido comum tiro de raspão na cabeça, na tarde desse sábado (11), em um sítio da Zona Rural do município de Araruna, Brejo paraibano, a 170 quilômetros de João Pessoa.

Segundo a Companhia de Polícia Militar em Araruna, os primos estavam brincando pelo sítio quando entraram em uma casa abandonada e acharam duas espingardas. O tiro supostamente acidental ocorreu quando o adolescente mostrou a arma para a criança de oito anos e a espingarda disparou.

“Até o momento sabemos que o disparo foi acidental. Os meninos estavam brincando pelo sítio e conseguiram entrar em uma casa que estava abandonada. Lá, eles acharam as armas e durante a suposta brincadeira com a espingarda ela acabou disparando. Por sorte, o tiro acertou a criança de raspão”, informou a PM.

Socorrido, o menino foi encaminhado ao Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, onde permanece internado. O estado de saúde da criança deverá ser divulgado em boletim médico durante a manhã desta segunda-feira (13).

Ainda segundo a PM em Araruna, após o disparo e socorro da criança para o Trauma de João Pessoa, o avô dos primos, que estava como responsável por eles no momento nesse sábado, foi encaminhado para a Polícia Civil para prestar depoimento e liberado em seguida.

O adolescente que manuseava a arma durante a suposta brincadeira fugiu após o disparo e não havia sido encontrado até a publicação desta matéria.

Uma suposta brincadeira entre dois primos, um adolescente de 15 anos e um menino de oito anos, terminou com o mais novo sendo ferido comum tiro de raspão na cabeça, na tarde desse sábado (11), em um sítio da Zona Rural do município de Araruna, Brejo paraibano, a 170 quilômetros de João Pessoa.

Segundo a Companhia de Polícia Militar em Araruna, os primos estavam brincando pelo sítio quando entraram em uma casa abandonada e acharam duas espingardas. O tiro supostamente acidental ocorreu quando o adolescente mostrou a arma para a criança de oito anos e a espingarda disparou.

“Até o momento sabemos que o disparo foi acidental. Os meninos estavam brincando pelo sítio e conseguiram entrar em uma casa que estava abandonada. Lá, eles acharam as armas e durante a suposta brincadeira com a espingarda ela acabou disparando. Por sorte, o tiro acertou a criança de raspão”, informou a PM.

Socorrido, o menino foi encaminhado ao Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, onde permanece internado. O estado de saúde da criança deverá ser divulgado em boletim médico durante a manhã desta segunda-feira (13).

Ainda segundo a PM em Araruna, após o disparo e socorro da criança para o Trauma de João Pessoa, o avô dos primos, que estava como responsável por eles no momento nesse sábado, foi encaminhado para a Polícia Civil para prestar depoimento e liberado em seguida.

O adolescente que manuseava a arma durante a suposta brincadeira fugiu após o disparo e não havia sido encontrado até a publicação desta matéria.