Parte de viaduto desaba e mata juíza em São Paulo

A juíza Adriana Nolasco da Silva, de 46 anos, morreu nesta segunda-feira (20), após ser atingida por pedaços de concreto enquanto passava sob o viaduto na Avenida do Estado, no Centro de São Paulo, na noite do último domingo (19). Segundo o Corpo de Bombeiros, um caminhão bateu no viaduto e causou o desmoronamento de partes estrutura, que atingiram o veículo.
O resgate da vítima mobilizou sete carros do Corpo de Bombeiros. Adriana fraturou o crânio e estava internada e entubada em estado grave no Hospital das Clínicas de São Paulo, mas não resistiu aos ferimentos.
MSN

A juíza Adriana Nolasco da Silva, de 46 anos, morreu nesta segunda-feira (20), após ser atingida por pedaços de concreto enquanto passava sob o viaduto na Avenida do Estado, no Centro de São Paulo, na noite do último domingo (19). Segundo o Corpo de Bombeiros, um caminhão bateu no viaduto e causou o desmoronamento de partes estrutura, que atingiram o veículo.
O resgate da vítima mobilizou sete carros do Corpo de Bombeiros. Adriana fraturou o crânio e estava internada e entubada em estado grave no Hospital das Clínicas de São Paulo, mas não resistiu aos ferimentos.
MSN