Alunos do SENAI que conquistaram 2º lugar em mundial de profissões técnicas são homenageados no Planalto e no Senado

homenagemCGA delegação brasileira de 56 competidores que participou, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, da WorldSkills, a maior competição de profissões técnicas do planeta, foi recebida, nesta quarta-feira (22), pelos presidentes da República, Michel Temer, no Palácio do Planalto, e do Senado, Eunício Oliveira, no Salão Negro da Casa. O time do Brasil, formado por alunos e ex-alunos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), conquistou o 2º lugar no ranking de pontos na 44ª edição do torneio, realizado em outubro. No encontro com os jovens, Michel Temer afirmou que o resultado da delegação da brasileira na WorldSkills mostra ao mundo que a juventude do país está voltada para o futuro. “O Brasil hoje é reconhecido no mundo todo como um país de jovens voltados para o futuro”, disse. “Eu quero, em nome do governo brasileiro, agradecer a vocês pela possibilidade de transmitirem ao mundo as potencialidades do nosso país.”
O presidente do Senado, Eunício Oliveira, que recebeu a delegação no espaço destinado à recepção de chefes de Estado, também ressaltou que o desempenho brasileiro na competição é uma forma de divulgação positiva do país. “É gratificante para nós vermos aqui brasileiros e brasileiras que foram disputar com o mundo em uma competição de conhecimento e de informação, mostrando que o Brasil é um país pujante, que não é grande apenas do ponto de vista territorial, mas também do ponto de vista de formação da juventude”, discursou. O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, foi o responsável por descrever a Temer e a Eunício como foi a participação brasileira no mundial em Abu Dhabi. A competição reuniu, de 15 a 18 de outubro, mais de 1.200 jovens de 68 países em 52 ocupações técnicas. O Brasil competiu em 50 profissões e obteve 34.901 pontos no ranking geral, ficando com segundo lugar. A Rússia obteve o primeiro lugar e, a China, o terceiro. Os brasileiros também conquistaram 15 medalhas – sete de ouro, cinco de prata e três de bronze – e 26 diplomas de excelência. “A WorldSkills reúne os mais importantes países industriais do mundo. Nações com China, Suíça e Alemanha não tiveram colocação melhor que o Brasil no ranking geral. Isso mostra que temos profissionais preparados para dar um salto de qualidade na indústria brasileira”, afirmou o presidente CNI. Robson Braga de Andrade também presenteou os presidentes da República e do Senado com o uniforme oficial da delegação brasileira no torneio e os jovens entoaram o grito de guerra do time do Brasil na competição.
Para ler o conteúdo na íntegra acesse http://bit.ly/2ApQmRT

Foto: Agência CNI
Agência CNI – Brasília

homenagemCGA delegação brasileira de 56 competidores que participou, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, da WorldSkills, a maior competição de profissões técnicas do planeta, foi recebida, nesta quarta-feira (22), pelos presidentes da República, Michel Temer, no Palácio do Planalto, e do Senado, Eunício Oliveira, no Salão Negro da Casa. O time do Brasil, formado por alunos e ex-alunos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), conquistou o 2º lugar no ranking de pontos na 44ª edição do torneio, realizado em outubro. No encontro com os jovens, Michel Temer afirmou que o resultado da delegação da brasileira na WorldSkills mostra ao mundo que a juventude do país está voltada para o futuro. “O Brasil hoje é reconhecido no mundo todo como um país de jovens voltados para o futuro”, disse. “Eu quero, em nome do governo brasileiro, agradecer a vocês pela possibilidade de transmitirem ao mundo as potencialidades do nosso país.”
O presidente do Senado, Eunício Oliveira, que recebeu a delegação no espaço destinado à recepção de chefes de Estado, também ressaltou que o desempenho brasileiro na competição é uma forma de divulgação positiva do país. “É gratificante para nós vermos aqui brasileiros e brasileiras que foram disputar com o mundo em uma competição de conhecimento e de informação, mostrando que o Brasil é um país pujante, que não é grande apenas do ponto de vista territorial, mas também do ponto de vista de formação da juventude”, discursou. O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, foi o responsável por descrever a Temer e a Eunício como foi a participação brasileira no mundial em Abu Dhabi. A competição reuniu, de 15 a 18 de outubro, mais de 1.200 jovens de 68 países em 52 ocupações técnicas. O Brasil competiu em 50 profissões e obteve 34.901 pontos no ranking geral, ficando com segundo lugar. A Rússia obteve o primeiro lugar e, a China, o terceiro. Os brasileiros também conquistaram 15 medalhas – sete de ouro, cinco de prata e três de bronze – e 26 diplomas de excelência. “A WorldSkills reúne os mais importantes países industriais do mundo. Nações com China, Suíça e Alemanha não tiveram colocação melhor que o Brasil no ranking geral. Isso mostra que temos profissionais preparados para dar um salto de qualidade na indústria brasileira”, afirmou o presidente CNI. Robson Braga de Andrade também presenteou os presidentes da República e do Senado com o uniforme oficial da delegação brasileira no torneio e os jovens entoaram o grito de guerra do time do Brasil na competição.
Para ler o conteúdo na íntegra acesse http://bit.ly/2ApQmRT

Foto: Agência CNI
Agência CNI – Brasília