Jogo das Cachorras arrecada brinquedos para crianças carentes

Tradicional em Porto Velho, o Jogo das Cachorras tem data marcada. O evento social que visa integrar os peladeiros da cidade e arrecadar brinquedos para serem doados às crianças carentes no Natal acontecerá no próximo sábado, 9, no campo da Faculdade Fatec, às 16h30. Mais de 500 brinquedos já foram arrecadados.
A entrada para assistir a partida dos fantasiados será um brinquedo. Nesta edição quem entra em campo são as Abelhinhas contras as Sereias Sensuais. De uma simples confraternização entre amigos, o Jogo das Cachorras virou um projeto social. Os jogadores entram em campo, cada vez com uma fantasia diferente, e há cinco anos arrecadam brinquedos para tornar o Natal de dezenas de crianças mais feliz.
Coelhinhas, paquitas, mulheres maravilha, criatividade para as fantasias desses jogadores não falta. Reisso Soeiro, idealizador do jogo beneficente, explica que poder brincar em campo com os amigos e ajudar outras pessoas é gratificante.
“Ano a ano entregar os presentes, promover festa para essas crianças só nos engrandece como seres humanos. Todos os anos fazemos uma feijoada, o dinheiro arrecadado é todo para comprar presentes, alugar piscina de bolinha, pula-pula e lanches. Este ano vamos para a Zona Leste de Porto Velho. Este é o néctar que alimenta o nosso movimento”, declarou.
Em campo serão 50 jogadores, sendo 25 Abelhinhas e 25 Sereias Sensuais. A entrega dos brinquedos devem acontecer na primeira quinzena de dezembro.
GE

Tradicional em Porto Velho, o Jogo das Cachorras tem data marcada. O evento social que visa integrar os peladeiros da cidade e arrecadar brinquedos para serem doados às crianças carentes no Natal acontecerá no próximo sábado, 9, no campo da Faculdade Fatec, às 16h30. Mais de 500 brinquedos já foram arrecadados.
A entrada para assistir a partida dos fantasiados será um brinquedo. Nesta edição quem entra em campo são as Abelhinhas contras as Sereias Sensuais. De uma simples confraternização entre amigos, o Jogo das Cachorras virou um projeto social. Os jogadores entram em campo, cada vez com uma fantasia diferente, e há cinco anos arrecadam brinquedos para tornar o Natal de dezenas de crianças mais feliz.
Coelhinhas, paquitas, mulheres maravilha, criatividade para as fantasias desses jogadores não falta. Reisso Soeiro, idealizador do jogo beneficente, explica que poder brincar em campo com os amigos e ajudar outras pessoas é gratificante.
“Ano a ano entregar os presentes, promover festa para essas crianças só nos engrandece como seres humanos. Todos os anos fazemos uma feijoada, o dinheiro arrecadado é todo para comprar presentes, alugar piscina de bolinha, pula-pula e lanches. Este ano vamos para a Zona Leste de Porto Velho. Este é o néctar que alimenta o nosso movimento”, declarou.
Em campo serão 50 jogadores, sendo 25 Abelhinhas e 25 Sereias Sensuais. A entrega dos brinquedos devem acontecer na primeira quinzena de dezembro.
GE