FIDA assina acordo com SlowFood Internacional para apoiar projetos de agricultura familiar no semiárido nordestino e Minas Gerais

semearFoi assinado na última quarta-feira (29) um acordo entre o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), SlowFood e Semear Internacional (FIDA/IICA) que beneficiará diretamente produtores rurais dos projetos atendidos pelo FIDA no semiárido nordestino em ações que impulsionarão atividades agrícolas sustentáveis e orgânicas. A assinatura aconteceu dentro da programação do 10º Fórum dos Gestores Estaduais Responsáveis pelas Políticas de Apoio à Agricultura Familiar no Nordeste e em Minas Gerais, que está sendo realizado na cidade de Maceió, em Alagoas.

O gerente do FIDA para o Brasil, Paolo Silveri, e a diretora da SlowFood Internacional para o Brasil, Valentina Bianco, assinaram o acordo que oficializa o início dos trabalhos no âmbito da existente doação do FIDA de U$ 900 mil para o trabalho da SlowFood Internacional nos projeto FIDA dentro e fora do Brasil, integrando-as com as atividades dos Projetos em execução do FIDA no Brasil e do Programa Semear Internacional. Serão realizadas atividades como desenvolvimento de produtos para a Arca do Gosto e Fortaleza Slow Food, capacitações em ecogastronomia junto às comunidades rurais, envolvendo jovens, mulheres, indígenas e quilombolas, além da difusão destas práticas nas demais regiões do Nordeste e Minas Gerais.

As ações a serem realizadas nos territórios de atuação dos Projetos FIDA no Brasil, envolverão comunidades da agricultura familiar, extrativismo, indígenas e povos tradicionais, considerando o equilíbrio de gênero e promovendo a participação dos jovens. Através dessa parceria, novas comunidades beneficiárias dos projetos FIDA serão inseridas na rede Slow Food / Terra Madre e nos programas Arca do Gosto e Fortalezas Slow Food.

“A participação do Semear Internacional será na difusão destas ações através de atividades em comunicação, além da realização de oficinas com os agricultores locais em diversos temas, como ecogastronomia, produção orgânica, etc”, explicou a coordenadora do Programa Semear Internacional, Fabiana Viterbo.

Já com os técnicos dos projetos FIDA, serão realizados ciclos com oficinas acerca de atividades identificadas como potenciais a partir da particularidade de cada Projeto e da identificação de novos produtos para a Arca do Gosto e Fortaleza Slow Food, e mediante acordos prévios.

O trabalho da SlowFood consistirá, ainda, em proporcionar um aumento na capacidade dos produtos da agricultura familiar destas regiões em acessar mercados de alto valor agregado tanto em nível local quanto regional, nacional e internacional.

Reportagem: Diovanne Filho – Semear Internacional
Fotos: Neno Canuto – Secom Governo de Alagoas

semearFoi assinado na última quarta-feira (29) um acordo entre o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), SlowFood e Semear Internacional (FIDA/IICA) que beneficiará diretamente produtores rurais dos projetos atendidos pelo FIDA no semiárido nordestino em ações que impulsionarão atividades agrícolas sustentáveis e orgânicas. A assinatura aconteceu dentro da programação do 10º Fórum dos Gestores Estaduais Responsáveis pelas Políticas de Apoio à Agricultura Familiar no Nordeste e em Minas Gerais, que está sendo realizado na cidade de Maceió, em Alagoas.

O gerente do FIDA para o Brasil, Paolo Silveri, e a diretora da SlowFood Internacional para o Brasil, Valentina Bianco, assinaram o acordo que oficializa o início dos trabalhos no âmbito da existente doação do FIDA de U$ 900 mil para o trabalho da SlowFood Internacional nos projeto FIDA dentro e fora do Brasil, integrando-as com as atividades dos Projetos em execução do FIDA no Brasil e do Programa Semear Internacional. Serão realizadas atividades como desenvolvimento de produtos para a Arca do Gosto e Fortaleza Slow Food, capacitações em ecogastronomia junto às comunidades rurais, envolvendo jovens, mulheres, indígenas e quilombolas, além da difusão destas práticas nas demais regiões do Nordeste e Minas Gerais.

As ações a serem realizadas nos territórios de atuação dos Projetos FIDA no Brasil, envolverão comunidades da agricultura familiar, extrativismo, indígenas e povos tradicionais, considerando o equilíbrio de gênero e promovendo a participação dos jovens. Através dessa parceria, novas comunidades beneficiárias dos projetos FIDA serão inseridas na rede Slow Food / Terra Madre e nos programas Arca do Gosto e Fortalezas Slow Food.

“A participação do Semear Internacional será na difusão destas ações através de atividades em comunicação, além da realização de oficinas com os agricultores locais em diversos temas, como ecogastronomia, produção orgânica, etc”, explicou a coordenadora do Programa Semear Internacional, Fabiana Viterbo.

Já com os técnicos dos projetos FIDA, serão realizados ciclos com oficinas acerca de atividades identificadas como potenciais a partir da particularidade de cada Projeto e da identificação de novos produtos para a Arca do Gosto e Fortaleza Slow Food, e mediante acordos prévios.

O trabalho da SlowFood consistirá, ainda, em proporcionar um aumento na capacidade dos produtos da agricultura familiar destas regiões em acessar mercados de alto valor agregado tanto em nível local quanto regional, nacional e internacional.

Reportagem: Diovanne Filho – Semear Internacional
Fotos: Neno Canuto – Secom Governo de Alagoas