Projeto desenvolvido pelo SENAI PB em parceria com empresa de JP é selecionado em Edital de Inovação

projetoA escassez de água, em decorrência da estiagem prolongada tem gerado uma crise mundial no setor energético. Com isso surge a necessidade iminente do desenvolvimento de dispositivos que possibilitem a economia de recursos naturais, como água, energia e gás.

Nessa perspectiva o SENAI da Paraíba, desenvolveu em parceria com a empresa Inovathys Sistemas Inteligentes, de João Pessoa, um dispositivo para controle de equipamentos baseado no conceito de internet das coisas com tamanho reduzido e aplicação em diversos equipamentos e dispositivos.

O equipamento desenvolvido pela Inovathys com o apoio do SENAI utiliza componentes de baixo custo, proporcionando ganhos em qualidade de vida, controle, conforto e outros fatores aliados a redução do consumo e de gastos provocados pelo uso de equipamentos e sistemas elétricos. As etapas de desenvolvimento do projeto, contam com o apoio das equipes do SENAI do Laboratório Aberto, e do Instituto SENAI de Tecnologia de Automação Industrial.

O Projeto foi selecionado no Edital de Inovação da Indústria, que valoriza a inovação como elemento de competitividade no setor industrial, e financia o desenvolvimento de novos produtos, processos e serviços inovadores.

Empresas de qualquer porte podem inscrever nas seis categorias do Edital. No total, R$ 53,6 milhões em aportes serão disponibilizados por meio da parceria entre o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e o Serviço Social da Indústria.

Projeto Sistema Modular de Controle de Dispositivos

O projeto paraibano consiste numa plataforma de hardware para controle de equipamentos baseado no conceito de internet das coisas, com tamanho reduzido e com aplicação em diversos equipamentos e dispositivos. A Internet das Coisas, ou simplesmente internet, é uma rede de objetos físicos, veículos, prédios e outros que possuem tecnologia embarcada, sensores e conexão com rede capaz de coletar e transmitir dados.

Os benefícios propostos pelo Sistema Modular de Controle de Dispositivos, da empresa Inovathys Sistemas Inteligentes, vão ainda mais além, uma vez que seu uso permite economia de energia, qualidade de vida, valorização de imóvel, aumento da produtividade, elevação do número de vendas, conforto e economia de recursos. Embora a economia provocada pela eficiência energética seja a principal intenção do projeto paraibano, outros benefícios podem ser agregados resultantes ao uso da plataforma, a exemplo de conforto, segurança e controle, agregando valor ao produto consumidor do sistema.

Criado para atender vários setores, desde o industrial até o residencial, o Sistema Modular de Controle de Dispositivos nasceu a partir da demanda das organizações, em tempos de crise econômica, diminuírem o consumo de energia, considerando que o país ainda vivencia uma crise hídrica e a necessidade de usar a energia de forma racional. E permite trocar apenas uma parte do módulo para alterar suas funções. Se o cliente optar por trocar o interruptor convencional por circuito dimmer, não precisa o módulo inteiro, apenas parte dele.

ATENDIMENTO À IMPRENSA

(83) 2101-5396 / 5483
assessoriadecomunicacao@fiepb.org.br
SITE
http://www.fiepb.com.br/
REDES SOCIAIS
https://www.twitter.com/FIEPARAIBA/
https://www.facebook.com/FIEPB/ https:// www.instagram.com/fiepb/

projetoA escassez de água, em decorrência da estiagem prolongada tem gerado uma crise mundial no setor energético. Com isso surge a necessidade iminente do desenvolvimento de dispositivos que possibilitem a economia de recursos naturais, como água, energia e gás.

Nessa perspectiva o SENAI da Paraíba, desenvolveu em parceria com a empresa Inovathys Sistemas Inteligentes, de João Pessoa, um dispositivo para controle de equipamentos baseado no conceito de internet das coisas com tamanho reduzido e aplicação em diversos equipamentos e dispositivos.

O equipamento desenvolvido pela Inovathys com o apoio do SENAI utiliza componentes de baixo custo, proporcionando ganhos em qualidade de vida, controle, conforto e outros fatores aliados a redução do consumo e de gastos provocados pelo uso de equipamentos e sistemas elétricos. As etapas de desenvolvimento do projeto, contam com o apoio das equipes do SENAI do Laboratório Aberto, e do Instituto SENAI de Tecnologia de Automação Industrial.

O Projeto foi selecionado no Edital de Inovação da Indústria, que valoriza a inovação como elemento de competitividade no setor industrial, e financia o desenvolvimento de novos produtos, processos e serviços inovadores.

Empresas de qualquer porte podem inscrever nas seis categorias do Edital. No total, R$ 53,6 milhões em aportes serão disponibilizados por meio da parceria entre o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e o Serviço Social da Indústria.

Projeto Sistema Modular de Controle de Dispositivos

O projeto paraibano consiste numa plataforma de hardware para controle de equipamentos baseado no conceito de internet das coisas, com tamanho reduzido e com aplicação em diversos equipamentos e dispositivos. A Internet das Coisas, ou simplesmente internet, é uma rede de objetos físicos, veículos, prédios e outros que possuem tecnologia embarcada, sensores e conexão com rede capaz de coletar e transmitir dados.

Os benefícios propostos pelo Sistema Modular de Controle de Dispositivos, da empresa Inovathys Sistemas Inteligentes, vão ainda mais além, uma vez que seu uso permite economia de energia, qualidade de vida, valorização de imóvel, aumento da produtividade, elevação do número de vendas, conforto e economia de recursos. Embora a economia provocada pela eficiência energética seja a principal intenção do projeto paraibano, outros benefícios podem ser agregados resultantes ao uso da plataforma, a exemplo de conforto, segurança e controle, agregando valor ao produto consumidor do sistema.

Criado para atender vários setores, desde o industrial até o residencial, o Sistema Modular de Controle de Dispositivos nasceu a partir da demanda das organizações, em tempos de crise econômica, diminuírem o consumo de energia, considerando que o país ainda vivencia uma crise hídrica e a necessidade de usar a energia de forma racional. E permite trocar apenas uma parte do módulo para alterar suas funções. Se o cliente optar por trocar o interruptor convencional por circuito dimmer, não precisa o módulo inteiro, apenas parte dele.

ATENDIMENTO À IMPRENSA

(83) 2101-5396 / 5483
assessoriadecomunicacao@fiepb.org.br
SITE
http://www.fiepb.com.br/
REDES SOCIAIS
https://www.twitter.com/FIEPARAIBA/
https://www.facebook.com/FIEPB/ https:// www.instagram.com/fiepb/