Morre em Campina o narrador esportivo Dimas Andrade

dimas2A crônica esportiva da Paraíba está de luto. Morreu nesta quinta-feira, o locutor esportivo Dimas Andrade, um dos mais atuantes de Campina Grande.
Dimas, de 53 anos, não conseguiu vencer a luta contra um câncer de próstada, que o afastou das suas atividades há meses.
Vérsatil, DImas Andrade ficou conhecido com o seu bordão ‘Tá lá, tá lá’, ao narrar um gol durante as transmissões nas emissoras em que atuava.
O locutou trabalhou em praticamente todas as emissoras de rádio de Campina Grande, sua cidade natal, Rádio Cidade Esperança, entre outras paraibanas, como também em estados vizinhos.
De acordo com as informações de familiares, o velório de Dimas Andrade será na SAB do bairro da Bela Vista, no qual ele morava. E o sepultamento nesta sexta-feira, na cidade de Puxinanã.

dimas2A crônica esportiva da Paraíba está de luto. Morreu nesta quinta-feira, o locutor esportivo Dimas Andrade, um dos mais atuantes de Campina Grande.
Dimas, de 53 anos, não conseguiu vencer a luta contra um câncer de próstada, que o afastou das suas atividades há meses.
Vérsatil, DImas Andrade ficou conhecido com o seu bordão ‘Tá lá, tá lá’, ao narrar um gol durante as transmissões nas emissoras em que atuava.
O locutou trabalhou em praticamente todas as emissoras de rádio de Campina Grande, sua cidade natal, Rádio Cidade Esperança, entre outras paraibanas, como também em estados vizinhos.
De acordo com as informações de familiares, o velório de Dimas Andrade será na SAB do bairro da Bela Vista, no qual ele morava. E o sepultamento nesta sexta-feira, na cidade de Puxinanã.